BEIJO GELADO

Beijo Gelado é uma sobremesa deliciosa, fácil de fazer, com três camadas de gostosura: a primeira é um creme branco, a segunda um creme de chocolate e a terceira uma cobertura de claras.

INGREDIENTES

Para o creme branco

1 gema

1 colher (de sopa) de manteiga

1 caixinha de leite condensado

1 medida de leite (medir na caixinha)

1 colher (sopa) de maisena (dissolvida em um pouquinho de leite)

Misture todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo médio, mexendo sem parar, até ferver e engrossar.

Despeje o creme em um pirex ou taças e leve à geladeira enquanto faz a segunda parte.

Para o creme de chocolate:

São os mesmos ingredientes, mais 4 colheres (de sopa) de achocolatado (eu usei Nescau).

O modo de fazer é o mesmo.

Depois de pronto, coloque sobre o creme branco e leve à geladeira enquanto prepara a última camada.

Bata as duas claras reservadas em batedeira até ficarem bem firmes.

Junte 5 colheres (sopa) de açúcar e uma caixinha de creme de leite que deve estar bem gelado.

Bata por mais ou menos três minutos e coloque em cima dos cremes.

Leve ao congelador e retire uns 10 minutos antes de servir.

(Baseado na Receita Toda Hora).

“OS MEUS OLHOS PROCURARÃO OS FIÉIS DA TERRA, PARA QUE ESTEJAM COMIGO; O QUE ANDA NUM CAMINHO RETO, ESSE ME SERVIRÁ.” Salmos, 101- 6

TORTA DA NONNA

Fiz essa torta exatamente como a receita, mas de uma próxima vez, farei com minha massa podre que dá menos trabalho e fica tão boa quanto.

INGREDIENTES

Massa (Pâte Sablée)

“A Pâte Sablée é uma massa para torta mais arenosa, que desmancha na boca, mas não chega a ser uma massa podre. Ela é uma massa quebradiça por causa da manteiga que deve ser incorporada na massa em temperatura ambiente, o que impermeabiliza a farinha, deixando a massa com essa característica.” Danielle Noce

Massa

150 gramas de manteiga gelada e em cubos

225 gramas ou 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo

2 colheres (sopa) de água

Recheio

2 latas de leite condensado

150 gramas de castanhas do pará

Comece pela massa.

Em uma tigela junte a manteiga gelada com a farinha de trigo.

Com a ponta dos dedos, misture grosseiramente formando uma “areia molhada”; procure não manusear muito a massa para não aquecer a manteiga. Dessa forma a massa fica mais crocante.

Acrescente a água gelada até obter uma massa compacta, lembrando que tanto a manteiga quanto a água devem estar bem geladas.

Vá juntando pedacinhos da massa até forrar o fundo e laterais de uma forma com fundo removível.
Leve ao freezer por 15 minutos.

Enquanto isso, aqueça o forno a 180º e pique as castanhas.

Com a massa já geladinha, coloque o leite condensado sobre ela ainda crua.

Espalhe as castanhas por cima.

OBSERVAÇÃO: se você olhar com atenção na foto acima, vai notar que a massa que fiz não deu o suficiente para cobrir a lateral da forma… por isso o melhor mesmo é fazer a tradicional como a que coloquei aqui na receita de Empadão de Massa Podre, claro que não colocando sal e nem o açúcar, visto que o leite condensado vai adoçar bem.

O resultado é uma torta requintada, muito saborosa e facílima de fazer!

“PORQUE AQUILO QUE ESTÁ DETERMINADO SERÁ FEITO.” Daniel, 11- 36

PÉ DE MOLEQUE

No começo do século XX havia muitas baianas que vendiam doces em tabuleiros, no Rio de Janeiro. Os meninos gostavam especialmente desse doce de amendoim, mas como não tinham dinheiro, furtavam das baianas e elas ralhavam com eles para não roubarem.

Diziam para pedir, assim: – Pede, moleque!

E assim chegou até nós que ao em vez de “PEDE” do verbo “PEDIR”, virou “PÉ DE”…

De qualquer maneira, essa gostosura veio para ficar, principalmente nas festas Juninas!

Então vamos aos INGREDIENTES

1/2 quilo da amendoim

1/2 quilo de açúcar

1 colher (sopa) de manteiga

1 caixinha de leite condensado

O bom dessa receita é que usamos o amendoim sem torrar e sem tirar a pele; ele vai torrando a medida que for sendo feito.

Antes de começar, unte uma forma ou mármore da pia e também deixe aberta a caixinha de leite condensado, porque tudo é muito rápido.

Coloque todos os ingredientes (menos o leite condensado) em uma panela; eu usei uma panela de ferro para isso.

Vá mexendo sem parar como mostro nas fotos abaixo.

Quando o açúcar acabar de derreter, jogue o leite condensado e mexa até incorporar bem.

Coloque sobre o mármore untado e espere esfriar bem para começar a cortar.

Fica delicioso, meio puxa; então coloque em potes bem fechados para quando tiver vontade, comer!!!

“DEUS NÃO É HOMEM, PARA QUE MINTA; NEM FILHO DE HOMEM, PARA QUE SE ARREPENDA; PORVENTURA, DIRIA ELE E NÃO O FARIA? OU FALARIA E NÃO O CONFIRMARIA?” Números, 23- 19

GELATINA COLORIDA

Quantas vezes experimentei essa gelatina, mas foi a primeira vez que fiz…

Fica tão bonita e é tão gostosa e fácil de fazer que vocês até já provaram ou fizeram alguma vez.

INGREDIENTES

1 caixinha de gelatina de limão

1 caixinha de gelatina de abacaxi

1 caixinha de gelatina de amora

1 caixinha de gelatina de cereja

1 pacotinho de gelatina sem sabor

1 caixa de leite condensado

1 caixinha de creme de leite

Primeiro faça as gelatinas (uma de cada vez) usando apenas 250 ml de água quase fervente e coloque em um recipiente (coloquei em um prato fundo) levando à geladeira até endurecer bem.

Quando estiver bem gelada, corte em pequenos pedaços e coloque em uma tigela.

Reserve.

Dissolva a gelatina incolor em um pouquinho de água bem quente.

No liquidificador, coloque o leite condensado e o creme de leite e bata bem.

Junte a gelatina incolor dissolvida e bata só o tanto de misturar.

Despeje sobre os quadradinhos das gelatinas reservada e misture.

Molhe uma forma de buraco e coloque a mistura pronta.

Leve à geladeira até ficar bem firme, passe uma faca em volta com cuidado e vire em um prato definitivo.

Observação: eu coloquei água quente em uma forma maior e passei rapidamente a forma com a gelatina para soltar o fundo e não grudar.

Uma sobremesa sensacional!!!

“SE, COM A TUA BOCA, CONFESSARES AO SENHOR JESUS E, EM TEU CORAÇÃO, CRERES QUE DEUS O RESSUSCITOU DOS MORTOS, SERÁS SALVO.” Romanos, 10- 9

SAGU DE VINHO E CREME

Sagu é uma fécula extraída do interior esponjoso de várias espécies de plantas, chamadas popularmente sagueiros ou saguzeiros, sendo utilizada como alimento básico em diferentes lugares no mundo.

A fécula é preparada a partir da mandioca limpa, ralada e molhada, formando uma goma úmida, que depois é peneirada até se transformar nas bolinhas, que são aquecidas e depois resfriadas. (Wikipédia)

 E como fazia tempo que eu não colocava um doce!!!

Aí me veio a lembrança desse, que nos remete a tempos de casa de avó…

E para completar, um creme bem fino e gostoso que combina mais do que bem com nosso sagu de vinho.

INGREDIENTES para o SAGU:

1/2 xícara de sagu

1/2 garrafa de vinho tinto

2 e 1/2 xícaras de água

1/2 xícara de açúcar

1 canela em rama

2 cravos da índia

Numa tigela, coloque o sagu, cubra com 1 xícara de água filtrada e deixe descansar por uma hora.

Coloque numa panela média o restante da água, o vinho, canela, cravos e açúcar.

Misture bem.

Leve ao fogo e, quando ferver, junte o sagu com o líquido que sobrar na tigela. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por 30 minutos ou até que as bolinhas estejam macias e quase transparentes. Mexa de vez em quando para o sagu não grudar no fundo da panela.

Retire, coloque em um bonito pirex e leve à geladeira.

INGREDIENTES do CREME

1/2 litro de leite

1 caixinha de leite condensado

2 colheres (de sopa rasas) de maisena

Desmanche a maisena em um pouco do leite e junte ao leite na panela juntamente com o leite condensado.

Vá mexendo sempre até ferver bem.

Retire, coloque em outro pirex e leve á geladeira.

Sirva em taças e bem gelado.

Uma combinação e tanto!!!

“QUANTO MELHOR É ADQUIRIR A SABEDORIA DO QUE O OURO! E QUANTO MAIS EXCELENTE, ADQUIRIR A PRUDÊNCIA DO QUE A PRATA!” Provérbios, 16- 16

FATIAS HÚNGARAS

As fatias húngaras, também conhecidas como caracóis húngaros, pães de coco, roscas húngaras ou sticky buns, são pãezinhos com calda de coco muito famosos no nosso país.

Não se sabe ao certo se as Fatias Húngaras são de fato originais da Hungria, a única certeza é que essa é uma ótima receita para aproveitar o inverno.

Então, resolvi fazer.

Olhei em várias receitas no Google, gostei de uma e fiz a massa.

Não deu certo!

Joguei fora…

Então me lembrei de uma receita: Rosca de Família, onde a massa tinha tudo a ver.

E não é que deu certo?

Você pode clicar em cima do nome que ele vai direcionar você aos ingredientes.

Aí é só voltar para cá.

Prepare o recheio:

6 colheres (de sopa) de açúcar

4 colheres (de sopa) de manteiga ou margarina

100 gramas de coco ralado

Primeiro misture bem o açúcar com a manteiga até ficar um creme e então, junte o coco misturando novamente.

Massa pronta e vamos esticar com um rolo até ficar um retângulo.

Coloque sobre a massa o recheio de coco e espalhe por toda ela.

Vá enrolando como um rocambole e aperte bem.

Com uma faca corte em pedaços de mais ou menos dois dedos (da próxima vez vou cortar em fatias mais finas porque crescem muito).

Coloque em uma assadeira untada e polvilhada com farinha de trigo para crescer até dobrar de volume (mais ou menos 50 minutos).

Vejam como cresceu!

Leve ao forno pré aquecido em 180º por 30 minutos ou até que veja estarem dourados.

Enquanto estiver quente, despeje sobre as fatias, 1 lata de leite condensado misturado com meio copo de leite.

As fatias ficam macias e úmidas e com um gostinho de dar água na boca!!!

“DIGO-VOS QUE ASSIM HAVERÁ ALEGRIA NO CÉU POR UM PECADOR QUE SE ARREPENDE, MAIS DO QUE POR NOVENTA E NOVE JUSTOS QUE NÃO NECESSITAM DE ARREPENDIMENTO.” Lucas 15, 7.

 

 

 

 

 

SOBREMESA DE LEITE EM PÓ

Ah, vontade de comer doce!

Sim, sou uma formiga ambulante…acho que puxei a meu pai: ele era magro, mas comia muito doce e quando não encontrava nada, ia até o açucareiro, enchia uma colher e ia direto para a boca…

Pois é.

Então vamos a mais uma receita fácil, que não vai ao fogo e que fica deliciosa de verdade!!!

INGREDIENTES

200 ml de manteiga

1 lata de leite condensado

2 caixinhas de creme de leite

200 gramas de leite em pó

1 colher (chá) de emulsificante

Cobertura:

250 gramas de chocolate 

1 caixinha de creme de leite

Bata o leite condensado com a manteiga até ficar um creme.

Acrescente o leite em pó e continue batendo.

Depois o creme de leite, bata e por último o emulsificante.

Bata por mais 4 minutos.

Fica um creme liso, firme!

Coloque em um pirex bem bonito e leve à geladeira enquanto faz a ganache.

Derreta o chocolate e misture o creme de leite.

Com cuidado, coloque sobre o creme.

Eu coloquei em potinhos descartáveis e levei ao congelador para quando tiver vontade… comer!

Realmente, fica uma gostosura!!!

“TEM MISERICÓRDIA DE MIM, Ó SENHOR, POIS A TI CLAMO TODO O DIA. ALEGRA A ALMA DO TEU SERVO, POIS A TI, SENHOR, LEVANTO A MINHA ALMA.” Salmos, 86- 3 e 4

 

MUSSE DE LIMÃO COM COBERTURA DE GANACHE

Antes de começar nossa receita de hoje, vou esclarecer duas dúvidas das pessoas:

A palavra musse é um substantivo comum feminino.

A palavra ganache é um substantivo comum masculino.

 

Essa receita tirei da Receita Toda Hora e achei tão simples e fácil de fazer; o resultado é simplesmente maravilhoso!

Fiz a metade da receita, que é o que vou postar aqui e deu quatro taças grandes.

INGREDIENTES

1 caixinha de creme de leite

1 caixinha de leite condensado

suco de 3 limões

Para o ganache:

1 barra de chocolate ao leite

1 caixinha de creme de leite

Coloque no liquidificador o creme de leite e o leite condensado e bata.

Com o liquidificador ligado, acrescente o suco do limões batendo um pouco porque ele logo vai endurecer.

Coloque em taças ou pirex e reserve.

Derreta o chocolate no micro ondas, retire.

Junte o creme de leite e misture.

Coloque a cobertura sobre a musse.

Você pode finalizar com chocolate granulado ou raspas de chocolate.

Eu deixei somente com a cobertura.

Se você quiser, aqui no blog temos outras receitas de musses (maracujá, chocolate e doce de leite) além de musse de leite em pó

É só clicar em cima que abre a página para você conferir!

“POIS TU LIVRASTE A MINHA ALMA DA MORTE, COMO TAMBÉM OS MEUS PÉS DE TROPEÇAREM, PARA QUE EU ANDE DIANTE DE DEUS NA LUZ DOS VIVENTES.” Salmos, 56- 13

BOLO RECHEADO

Recebi uma encomenda para um bolo de aniversário para três pessoas.

Imagina só: não tenho formas pequenas; devido a quarentena não tinha como sair de casa para comprar ingredientes; o mercado só poderia me entregar à tarde; então o jeito era fazer com o que eu tinha em casa.

A cliente deu carta branca para eu fazer como podia e saiu assim…

Nada mal, né?

Bom, primeiro fiz um creme de leite condensado e coloquei para gelar.

Em seguida, fiz um pão de ló com 6 ovos.

Cortei em duas partes e reservei.

Preparei o doce de coco, com um pacotinho de 50 gramas de coco ralado, uma xícara de açúcar, 1 xícara de água e 1 colher de chá de essência de baunilha. Vai ao fogo até quase secar a água.

Na primeira parte, umedeci com leite e coloquei o creme que já estava bem gelado.

Coloquei a segunda  parte do pão de ló e o doce de coco que já umedeceu, mais creme por cima.

Então coloquei a terceira parte do pão de ló e levei à geladeira, enquanto fiz o brigadeiro.

Observação: pão de ló, creme de leite condensado e brigadeiro são tão comuns, mas quem quiser ver a receita é só clicar na palavra sublinhada.

Cuidado para não deixar muito duro para poder cobrir todo o bolo.

Aí foi só jogar o chocolate granulado por cima (ainda bem que eu tinha em casa!) e entregar ao aniversariante que todo de máscara, veio buscar.

Felicidades a ele!

“AGORA, POIS, SENHOR, QUE ESPERO EU? A MINHA ESPERANÇA ESTÁ EM TI.” Salmos, 39- 7

 

 

 

SEQUILHOS DE LEITE CONDENSADO

Minha mãe fazia sequilhos, mas eu mesma nunca havia feito.

Até ontem, quando querendo beliscar alguma coisa leve, lembrei dele.

Lembrei do gosto e que desmanchava na boca…

E fiz!

INGREDIENTES

1/2 lata de leite condensado

2 colheres (de sopa) de manteiga em temperatura ambiente

1 ovo

1 colher (chá) de baunilha

1 colher (sopa) de fermento

1 pitada de sal

2 e 1/2 xícara de maisena

Em uma tigela, junte o leite condensado, manteiga, ovo ligeiramente batido, baunilha e sal.

Misture bem.

Aos poucos vá adicionando a maisena e por último o fermento.

Misture bem com as mãos até que a massa esteja homogênea e dê para enrolar.

Coloque a massa na geladeira por alguns minutos e enquanto isso, unte uma assadeira com manteiga e farinha.

Pré aqueça o forno a 200º e comece a fazer os sequilhos.

Faça pequenas bolinhas e coloque na assadeira com uma distância de 2 cm uma das outras.

Achate-as com um garfo e leve ao forno por aproximadamente 15 minutos.

Enquanto assa a primeira parte, deixe o restante da massa na geladeira.

Retire os sequilhos do forno e espere uns 5 minutos antes de retirar da assadeira.

Aqui eu fui vendo como ficavam as bolinhas e… fiz em três tamanhos, mas gostei mais da menor.

Se gostar, pode substituir 1/2 xícara de maisena por coco ralado.

Derretem na boca mesmo!!!

“PORQUE O SENHOR É BOM, E ETERNA, A SUA MISERICÓRDIA; E A SUA VERDADE ESTENDE-SE DE GERAÇÃO A GERAÇÃO.”