SALADA DE MACARRÃO

Lembrei dessa receita porque houve um tempo em que fazíamos muito em casa.

A salada de macarrão é também conhecida como “Macarronese”, uma mistura deliciosa de macarrão com maionese.

E se quiser, pode sofisticar no preparo e apresentação do prato, como eu fiz!

Mas o melhor mesmo, é aproveitar o que tem em casa e usar a imaginação.

Vamos aos INGREDIENTES:

Macarrão parafuso

cenoura ralada

tomate picadinho

Cebola picadinho ( eu preferi não colocar para ficar mais suave)

sal, pimenta e manjericão (porque tenho em minha horta)

azeitonas

milho verde

creme de leite

maionese

queijo e presunto picados

limão

Nessa receita você pode colocar a quantia que gostar, ok?

Primeiro é preciso cozinhar o macarrão em bastante água com sal.

Deixá-lo ao dente!

Coloque em uma escorredeira e passe uma água fria.

Reserve.

Enquanto isso, prepare os ingredientes, picando direitinho.

Junte ao macarrão já frio e um pouquinho do caldo de limão.

Se você observar a foto acima, vai ver que usei uma cenoura cozida, como eu disse, use o que você tem em casa.

Junte a maionese e o creme de leite, mexendo com cuidado.

Experimente, antes de colocar o sal e pimenta.

Mexa bem, coloque em um belo prato e leve à geladeira até a hora de servir.

Bom apetite!!!

“TU, QUE ME TENS FEITO VER MUITOS MALES E ANGÚSTIAS, ME DARÁS AINDA A VIDA E ME TIRARÁS DOS ABISMOS DA TERRA. AUMENTARÁS A MINHA GRANDEZA E DE NOVO ME CONSOLARÁS.” Salmos, 71- 20 e 21

 

MASSA DE PIZZA FACÍLIMA

Como eu gosto de pizza!

Já coloquei aqui no blog, uma receita deliciosa de uma amiga querida e escrevi até sobre o Dia da Pizza!

Mas ainda não tinha achado uma massa tão fácil e gostosa como essa!

De liquidificador!

Isso mesmo, então vamos aos INGREDIENTES!

1 xícara de leite

1 ovo

1 colher (chá) de sal

1 e meia colher (sopa) de manteiga

1 e meia xícara de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento Royal

Coloque todos os ingredientes no liquidificador, na ordem acima, e bata até que se forme uma massa homogênea.

Unte uma forma e coloque a massa.

Espalhe em toda a forma.

Leve a assar em forno aquecido até a massa ficar firme (pré assada).

Retire e cubra com o recheio de sua preferência.

Eu coloquei: molho de tomate, milho verde, presunto, duas espécies de queijo, orégano e azeite.

Leve ao forno novamente até derreter bem o queijo.

Ficou maravilhosa!!!

Agora que aprendi essa massinha, só vai dar ela!

“O SENHOR AFASTOU OS TEUS JUÍZOS, EXTERMINOU O TEU INIMIGO; O SENHOR, O REI DE ISRAEL, ESTÁ NO MEIO DE TI; TU NÃO VERÁS MAIS MAL ALGUM.” Sofonias, 3- 15.

 

 

 

 

BATATAS INVENTADAS

E dando continuidade às invenções culinárias, eis que hoje me deparo com apenas alguns ingredientes em minha cozinha.

Na bandeja, 4 batatas e cebolas.

No quintal, meus temperos favoritos.

Na geladeira, coisas como azeitonas e requeijão cremoso.

No armário, azeite.

E vamos ver no que deu.

Primeiro descasque e leve para cozinhar as batatas em água e sal.

Não deixe cozinhar muito para não desmanchar.

Forre um pirex com azeite e cebola cortada.

Coloque as batatas cozidas e azeitonas.

Por cima coloquei: sálvia, manjericão, salsinha e alecrim e coloquei bastante requeijão. Reguei mais um pouco com azeite e levei ao forno.

O perfume é algo de maravilhoso!!!

E saiu esse prato, digno de um almoço surpreendente!

Nada como aproveitar o que temos e inventar novos pratos!

“NA VERDADE, A TERRA ESTÁ CONTAMINADA POR CAUSA DOS SEUS MORADORES, PORQUANTO TRANSGRIDEM AS LEIS, MUDAM OS ESTATUTOS E QUEBRAM A ALIANÇA ETERNA.” Isaías, 24- 5

 

 

 

MACARRÃO INVENTADO

Tem dias em que você não sabe o que vai fazer para o almoço, não é mesmo?

Ainda mais em dias como o que estamos passando…

Aí você abre a geladeira e olha como quem pergunta: o que temos?

Então começa a juntar um pouco disso, um pouco daquilo e, de repente: sai tudo isso!

Bom, primeiro achei o macarrão e já coloquei para cozinhar em bastante água e sal.

Aí encontrei três fatias de presunto, um pedaço de queijo muçarela, outro de queijo gouda e requeijão cremoso.

Peguei uma frigideira e coloquei um pedacinho de manteiga.

Quando derreteu, coloquei o presunto picadinho e fritei.

Em seguida, corri até o meu quintal e colhi algumas folhas de manjericão.

Coloquei os queijos e juntei o manjericão.

O perfume dele já subiu lindamente pelo ar da cozinha…

Quando os queijos derreteram, juntei o requeijão.

Tudo à gosto.

Nisso o macarrão já estava cozido e retirei para escorrer a água.

Então, juntei o macarrão na frigideira onde o molho já estava pronto e mexi cuidadosamente.

Como é que pode, um prato sem planejamento, com coisas da geladeira, pode ficar tão bom?

Até vale a pena repetir a primeira foto, não?

“SEMEAI PARA VÓS EM JUSTIÇA, CEIFAI SEGUNDO A MISERICÓRDIA; LAVRAI O CAMPO DE LAVOURA; PORQUE É TEMPO DE BUSCAR O SENHOR, ATÉ QUE VENHA, E CHOVA A JUSTIÇA SOBRE VÓS.”Oseias, 10- 12

 

COSTELINHA DE PORCO DE PANELA

Eu amo carne de porco, e essa receita é tão boa, mas tão boa, que ainda sinto o cheiro dela enquanto a preparava!

2 quilos de costelinha de porco (para 6 pessoas)

INGREDIENTES

6 colheres (sopa) de shoyo

6 colheres (sopa) de azeite

4 colheres (sopa) de mostarda

6 dentes de alho amassados

4 colheres (sopa) de água

pimenta do reino, sal, folha de louro, sálvia.

Tempere a carne e deixa nesse molho por umas duas horas ou mais.

Eu deixei em uma vasilha, tampei e mexia de vez em quando.

Corte duas cebolas grandes em tiras e forre com elas o fundo de uma panela de pressão.

Coloque a carne temperada por cima, tampe a panela e deixe (depois que pegar a pressão) por 15 minutos.

Foi o suficiente para ela ficar macia e juntar aquela borra escura no fundo, que é o que deixa a carne mais saborosa.

Eu preferi retirar da pressão e colocar em uma panela de ferro, onde fui colocando muito devagar um pouco de água enquanto ela pegava uma cor.

Gente, ficou super gostosa, macia e daquelas de comer de joelhos!

Ah sim, fiz um purê de batata doce e arroz branco para acompanhar, além de jogar um pouquinho de cheiro verde, colhido do meu quintal!

ASSIM DIZ O SENHOR: PONDE-VOS NOS CAMINHOS, E VEDE, E PERGUNTAI PELAS VEREDAS ANTIGAS, QUAL É O BOM CAMINHO, E ANDAI POR ELE; E ACHAREIS DESCANSO PARA A VOSSA ALMA…” Jeremias, 6- 16

 

TORTEI DA RUTH DEITOS

Tortéi é um prato típico da culinária italiana muito presente nas mesas das famílias de imigrantes italianos e em muitos restaurantes do sul.

Ruth, é quem fez essa delícia para mim, que nunca tinha experimentado.  E foi ela, Ruth Deitos, de 85 anos, a escolhida como “Empreendedora Destaque 2020”pela Câmara da Mulher de Campo Mourão. É ela quem comanda o restaurante A Varanda  e essa homenagem é mais que merecida!

Pois é… meu afilhado Maximiliano Deitos, é juiz em Ji Paraná, em Rondônia e sobrinho da Ruth e  por ele vir passar as férias aqui em Campo Mourão, foi que pude almoçar com eles onde comi essa delícia.

(Eu e Max)

Cheguei mais cedo e pedi permissão para fotografar as etapas do Tortéi.

A massa ela fez, mas pode ser usada a de pastel ou lasanha.

O recheio é feito com:

1 abóbora cabotiá

cebola picadinha

manteiga

temperos como: sal, açúcar, noz moscada, canela em pó

Frita a cebola na manteiga e junta a abóbora picadinha e refoga colocando água aos poucos até ficar uma massa.

Esse recheio fica levemente adocicado e se ficar um pouco aguado, coloque um pouquinho de farinha de rosca.

Tem que colocar uma colherada em cada massa e fechar como pastel.

Cozinhe em uma panela grande com bastante água e um pouquinho de sal.

Ruth já tinha preparado o frango com bastante molho e disse que o melhor mesmo é quando fazia com galinha caipira.

Aí ela começa a montagem em um pirex:

primeiro os pastéis, depois o frango com molho e bastante queijo ralado por cima e vai fazendo as camadas!

Gente, é sensacional!!!!!!!

Olhem meu prato como ficou:

Achei muito bonito porque antes de sentarmos à mesa, a Beatriz, irmã da Ruth, falou sobre o costume da família que sempre quando fazem esse prato, agradecem a Deus.

E foi isso que fizemos, orando a oração do Pai Nosso.

Ruth, obrigada pela paciência em me dar a receita e por ser a pessoa doce que você é! Continue nos dando a alegria de sua companhia por muitos e muitos anos ainda!

“BENDITO O VARÃO QUE CONFIA NO SENHOR, E CUJA ESPERANÇA É O SENHOR. PORQUE ELE SERÁ COMO A ÁRVORE PLANTADA JUNTO ÀS ÁGUAS, QUE ESTENDE AS SUAS RAÍZES PARA O RIBEIRO E NÃO RECEIA QUANDO VEM O CALOR, MAS A SUA FOLHA FICA VERDE; E, NO ANO DE SEQUIDÃO, NÃO SE AFADIGA NEM DEIXA DE DAR FRUTO.” Jeremias, 17- 7 e 8

 

 

PURÊ DE BATATA DOCE

A batata doce é um dos tubérculos mais consumidos no Brasil. O alimento é uma fonte de carboidrato muito saudável, é benéfica para a dieta, por isso bem consumida por quem quer emagrecer.

E esse purê feito com ela, acompanha bem todos os tipos de carne assada ou com um ragu de carne e que foi o que fiz.

INGREDIENTES

2 batatas doces

1/2 caixinha de creme de leite

1/3 de xícara de leite

1 colher (sopa de manteiga)

Descasque e corte as batatas e leve para cozinhar com um pouquinho de sal até ficarem macias.

Retire e ainda quente, amasse com um garfo.

Na mesma panela onde cozinhou, coloque as batatas amassadas e a manteiga, depois o leite e mexa bem.

Junte o creme de leite e mexa até começar a ver o fundo da panela.

Retire e coloque em um prato.

Nesse dia fiz um ragu de carne e coloquei por cima.

Ficou uma combinação perfeita!!!

“MELHOR É A SABEDORIA DO QUE AS ARMAS DE GUERRA, MAS UM SÓ PECADOR DESTRÓI MUITOS BENS”. Eclesiastes, 9- 18

BOLINHO DE ESPINAFRE

O espinafre tem tantos nutrientes que é considerado um superalimento. Essa folha é rica em vitaminas A e C – que têm ação antioxidante -, vitamina K e vitaminas do complexo B. Também é fonte de fósforo e potássio, além de ser uma excelente opção para combater a anemia, já que é rico em ferro. (Wikipédia)

E esse bolinho feito com ele, é de comer de joelhos!

1 maço de espinafre

1 ovo

5 colheres (sopa) de farinha de trigo

1 colher (sobremesa ) de fermento

leite (até dar ponto)

sal, pimenta do reino

óleo para fritar

Primeiro escalde bem o espinafre em água fervente e pique bem miudinho.

Numa tigela bata o ovo com o leite, farinha, temperos e fermento.

Junte o espinafre.

Coloque óleo em uma panela e vá colocando colheradas da massa, fritando bem nos dois lados.

Retire e coloque em uma travessa forrada com papel toalha.

Sirva quente e delicie-se!!!

“E JESUS LHES DISSE: EU SOU O PÃO DA VIDA; AQUELE QUE VEM A MIM NÃO TERÁ FOME; E QUEM CRÊ EM MIM NUNCA TERÁ SEDE”. João, 6- 35

 

 

RISOTO À LA PIEMONTESE

O piemontês foi a primeira língua dos emigrantes que deixaram o Piemonte, no período 1850-1950, para França, Brasil, Argentina, Uruguai e Estados Unidos. 

Arroz à Piamontese é um prato típico da culinária brasileira (não da culinária do Piemonte, na Itália), à base de arroz, creme de leite e champignon.

 A despeito de sua origem, é um acompanhamento geralmente servido em restaurantes de cozinha italiana, acompanhando um filé juntamente com batatas fritas. (Wikipédia)

INGREDIENTES

2 tabletes de caldo de legumes

4 colheres (sopa) de manteiga

150 gramas de presunto (cortado em cubos)

1 cebola picada

1 e 1/2 xícara de arroz arbóreo

1 xícara de vinho branco seco

1 xícara de champignons fatiado

1 cx de creme de leite

1/2 xícara de queijo parmesão ralado

Aqui em receitas já coloquei duas de como fazer os: Risoto de Abobrinha e Risoto de Camarão, é só clicar em cima e ver como se faz.

Em uma panela ferva 1 litro de água e dissolva os tabletes do caldo de legumes.

Em outra panela, derreta a manteiga e refogue a cebola e depois o presunto.

Adicione o arroz e o vinho.

Mexa até que o vinho tenha sido absorvido.

Vá juntando aos poucos o caldo e mexendo até que o arroz esteja ao dente.

Coloque os champignons, creme de leite e metade do queijo.

Retire e sirva a seguir polvilhado com o restante do queijo.

Sem palavras!!!

“O SENHOR JÁ OUVIU A MINHA SÚPLICA; O SENHOR ACEITARÁ A MINHA ORAÇÃO.”Salmos 6-9

 

 

POLPETTONE RECHEADO

Esse é um prato tipicamente italiano e bem familiar.

Fiz e coloquei no cardápio das “Comidinhas da Vovó” e quem já experimentou, adorou!

INGREDIENTES

Para temperar a carne:

1/2 quilo de carne moída (eu uso patinho)

sal, pimenta do reino e salsinha picada

1 dente de alho amassado

1 cebola pequena picadinha

1 pão francês embebido e 1/3 de xícara de leite

1 ovo

Observação: antes de começar, já pico bem o pão e coloco de molho no leite.

Junte tudo e amasse bem com as mãos.

Reserve.

Faça um molho (eu usei duas latas de tomate pelado) e reserve.

Prepare o próximo passo:

um prato com um ovo batido e um pouquinho de leite

um prato com farinha de rosca

fatias de queijo muçarela

Com as mãos molhadas pegue uma porção de carne, faça uma bola, amasse e coloque uma fatia do queijo bem dobrada e envolva-o.

Feche bem.

Vá passando um por um primeiro na farinha de rosca, depois no ovo batido e de novo na farinha de rosca.

Leve uma panela com óleo ao fogo e frite os polpettones dos dois lados, colocando depois sobre um papel toalha.

Arrume-os em um pirex, cubra com o molho de tomate e queijo parmesão ou muçarela.

Leve ao forno médio (180º) pré aquecido por cerca de 20 minutos.

Bom apetite!!!

“BEM AVENTURADO AQUELE CUJA TRANSGRESSÃO É PERDOADA, E CUJO PECADO É COBERTO.” Salmos, 32- 1