NÓS, MULHERES!

Há exatamente 11 anos, escrevi esse texto que achei nos meus guardados…(e continua atual).

Como estamos no mês da Mulher, segue, com todo o meu carinho!

Parabéns a todas as mulheres nesse dia 08 de março de 2018!

Àquela lá longe, na África, magra, alquebrada com seu filho morrendo nos braços…é dela esse dia!

Aqui perto de nós, a mãe do menino arrastado e morto e quantos mais enterrados pela violência…é delas esse dia!

Daquela professora que ensina nossos filhos e netos como se fossem seus…é dela esse dia!

Da mulher forte, guerreira, que luta por seus direitos, da atriz, da política, da doméstica, daquela que passa noites nos hospitais, cuidando, como anjos bons, aqueles que lá estão…é delas esse dia!

Da modelo, da empresária, da aeromoça, da servente, da secretária, daquela que sai com sua carteira de trabalho nas mãos procurando um emprego…é delas esse dia!

Da que cozinha, lava, passa, arruma, não ganha salário e ainda é, muitas vezes, agredida por seus companheiros…é dela esse dia!

Daquela que oferece ajuda a outros, da que com seu sorriso ilumina o dia dos que estão à sua volta, da escritora, da atleta, da musicista, da cantora, da arquiteta, jornalista, advogada, policial, designer…é delas esse dia!

E de tantas outras, sem nome nem sobrenome…também é delas esse dia!

E a nós, mulheres, que resumimos toda essa gama de profissões numa só, que temos o poder de mudar as coisas, de dar a vida…é nosso esse dia!

Que possamos com responsabilidade e amor, usar esse poder transformador para contribuir na construção de um mundo melhor!

Imagens: 1) freepik.com; 2) blogelartedeeducar.blogspot.com

“ENGANOSA É A GRAÇA, E VAIDADE A FORMOSURA, MAS A MULHER QUE TEME AO SENHOR, ESSA SERÁ LOUVADA.” Provérbios, 31- 30

 

 

 

 

ACREDITE, SE QUISER!

E a menina, querendo virar mulher, lá no tempo do êpa, sonha acordada com seu príncipe encantado.

Não tem TV, nem celular, muito menos internet, mas tem o rádio e é nele que ouve a voz de seu ídolo.

Pega as revistas que passam por suas mãos a procura do seu amado Elvis.

14-elvis-w529-h529

Recorta e cola (com aquele grude feito com farinha de trigo e água) no caderno de cartografia guardado a sete chaves.

E cuida como se realmente fosse o maior dos tesouros e pensa, quem sabe, um dia vê-lo de perto.

Por que não?

São sonhos, mas quem em plena adolescência não sonha?

Na verdade ela tem alguns pretendentes, todos estudando no ginásio estadual e quando termina sua aula, vai pelo caminho andando devagar esperando que “aquele” especial venha a seu lado empurrando a bicicleta.

Aí chega em casa encalorada, rosto vermelho e corre escrever em seu diário a conversa que teve.

E guarda tudo com cuidado, ao lado das fotos do Elvis.

À noite, senta na calçada e começa a procurar no céu limpo a estrela desejada e quando encontra recita os versos decorados:

“primeira estrela que eu vejo

qualquer coisa desejo.

Se……….estiver pensando em mim

cachorro late, gato mia, homem assobia.”

estrela

Aí é só esperar.

Em sua casa tem gatos e cachorro, mas nada de ouvir som nenhum.

De repente para sua alegria ouve um miado e logo depois os latidos do cão.

_Só falta o assobio de um homem. Ela fala consigo mesma.

E começa a ficar aflita.

Corre até seu pai e pede com jeitinho que ele assobie uma música para ela.

Então está feito!

Ela acredita!

Ele está pensando nela!

Coisas de antigamente…

Imagem 1)www.vulture.com; 2) g1.globo.com

” ALEGRA-TE, JOVEM, NA TUA MOCIDADE, E ALEGRE-SE O TEU CORAÇÃO NOS DIAS DA TUA MOCIDADE, E ANDA PELOS CAMINHOS DO TEU CORAÇÃO E PELA VISTA DOS TEUS OLHOS; SABE, PORÉM, QUE POR TODAS ESSAS COISAS TE TRARÁ DEUS A JUÍZO.” Eclesiastes 11- 9

JULIE, JULIA E EU

Por sorte, eu estava procurando algum filme bom na TV quando ia começar um : Julie & Julia!

Fui ver quem eram as atrizes e logo que li: Meryl Streep e Amy Adams, não tive dúvida: assisti!

julie-julia-filme

Sou fã da Meryl que já me encantou em tantos filmes: Kramer vs. Kramer (1979), As Pontes de Madison (1995), O Diabo veste Prada (2006), Mamma Mia (2008), Simplesmente Complicado (2009), Álbum de Família (2013) só para citar alguns de tantos outros que assisti!

Sobre a linda Amy, vi seu filme “Encantada”(2007) inúmeras vezes sozinha e com minhas filhas e neta!

Bem, vamos ao filme que é a transformação de vida de duas mulheres em épocas diferentes e que tem o mesmo amor pela cozinha e a arte de escrever… como eu!

“A dica de hoje podemos dizer que está bem suculenta, afinal o filme ‘Julie & Julia’ é uma ótima indicação para você que ama comer bem e ao mesmo tempo não perde uma boa sessão pipoca!”

várias fotos

“É baseado entre outros na autobiografia de My Life in France, retrata a vida de Julia Child, autora de livros de culinária e apresentadora de televisão norte-americana, e a tentativa de Julie Powell (Amy Adams) de cozinhar todas as 524 receitas de Julia Child (Meryl Streep) do livro Mastering the Art of French Cooking (Dominando a Arte da Cozinha Francesa)” (Wikipédia)

“A história contada é sobre duas mulheres que, apesar de viverem em mundos bem diferentes, descobrem que podem ter muito em comum: o gosto pela gastronomia.
A atuação de Meryl Streep é espetacular como sempre, desde o jeito de andar, a postura e a voz. Ela simplesmente é Julie.” (Blog das Resenhas)

Meryl

“O filme conta, em paralelo, a história dessas duas mulheres, Julie e Julia, mostrando de forma adorável como suas vidas se cruzam, sem de fato nunca terem se conhecido. Cada uma em sua época, com personalidades diferentes mas de certa forma, vivendo crises parecidas e encontrando na culinária a sua salvação.” (Socorro na Cozinha)
Já Amy Adams vem com a simpatia e a doçura de sempre, dando todo o charme ao longa.

julia

Enquanto assistia,  me senti dentro da vida delas: fazendo o que gosto, cozinhando, escrevendo um blog…
De repente era eu ali!
Aquela sensação de saber que outras pessoas estavam lendo o que eu escrevo, preparando receitas que eu mesma fiz e ensinei…

Terminei de ver o filme e fiquei algum tempo saboreando as sensações que ele me proporcionou…

Para quem ainda não assistiu, segue a dica!

Imagens: 1) socorronacozinha.com.br; 2) altacultura.wordpress.com; 3) mestredasresenhas.wordpress.com; 4) http://www.lashorasperdidas.com

“PORQUE EU, O SENHOR, TEU DEUS, TE TOMO PELA TUA MÃO DIREITA E TE DIGO: NÃO TEMAS, QUE EU TE AJUDO.” Isaías, 41- 13

A LISTA DOS MEUS DESEJOS

“Um livro costurado com fios de ouro.”- Le Figaro

livro

Domingo, 14:00 horas e as portas da Livraria da Vila se abrem.

Sou uma das primeiras a entrar.

Quero encontrar um livro gostoso de ler…

Então chega o Isaías, um rapaz atencioso, de bom humor, que parece nem se preocupar em estar trabalhando num domingo de sol enquanto os outros passeiam e pergunta se preciso de ajuda. 

– Sim, eu preciso! Respondo.

E ele vem com dois livros e discorre animadamente sobre eles, e claro: comprei os dois!

“A Lista dos Meus Desejos”, de Grégoire Delacourt, esteve um ano na lista dos mais vendidos na França e é uma história que nos deixa a pergunta: até que ponto o dinheiro nos traz felicidade?

dinheiro

A heroína dessa história é uma mulher de meia idade que tem uma vida pacata com o marido, trabalha num armarinho e escreve num blog sobre costura, o Dedosdeouro.

Mas tudo muda quando ela decide jogar na loteria e ganha sozinha 18 milhões de euros!

É o início de uma reviravolta em sua vida e coisas inesperadas começam a acontecer.

Sewing stuff - pincusion, thimble, thread, scissors, quilting square, and quilting pins, isolated on white.

Bem, naquele dia não dormi enquanto não terminei de ler o livro…

Ontem li no facebook um pensamento que minha amiga Vilma colocou: “a leitura é para a mente o que o exercício é para o corpo!” (Richard Steele)

Depois de tanto exercício num domingo, só me resta agradecer ao Isaías a indicação certeira!

Tomara que eu possa escrever sobre o outro também!

Imagens: 1) economia.uol.com.br; 2) pt.dreamstime.com

“LÂMPADA PARA OS MEUS PÉS É A TUA PALAVRA E LUZ, PARA O MEU CAMINHO”. Salmos 119-105

 

O PALITO

Na crise de falta de homem em que o mundo anda, aquelas amigas resolveram sair numa bela noite.

– Vamos para a balada! Disse uma delas.

– Quem sabe não é hoje que vamos encontrar nosso “príncipe encantado”? Falou a outra.

– Estou tendo ótimos presságios! Afirmou a terceira.

E lá foram, animadas, para aquela casa noturna, dançar.

baile

Como o dinheiro estava curto e já tinham que pagar ingresso, dividir estacionamento (quanta roubalheira!), elas pediram um refrigerante que teria que fazer o favor de durar até o final da noite.

Jantar, nem pensar!

Primeiro porque iria a grana da semana e segundo porque ficaria com hálito de comida e como dançar juntinho cheirando molhos e temperos?

Então começa a investigação propriamente dita.

– Tá vendo aquele ali? Mostra uma delas. O cara é velho e arruma uma mocinha que podia ser sua neta!

– E aquela mulher lá? Aponta a outra. Com aquele homem horrível!

– Pelo menos ela tem namorado… fala a última fazendo beicinho.

E a casa vai lotando e elas a olhar para todos os lados.

– Parece que não existem mais homens sozinhos! Observa uma delas. Todos já tem donas…

– Isso sem falar na enxurrada de mulheres que está entrando! Olhem só a porta!

– Nem quero ver!

Nisso, atraídas como por um imã, aqueles três pares de olhos críticos, caem numa mesma mesa.

Elas olham, se entreolham e tornam a observar atentamente.

O homem recém chegado sozinho, num terno m a r a v i l h o s o, senta-se enquanto o garçom , mais do que solícito, lhe entrega o cardápio.

Ele abre, lê, chama educadamente o garçom e faz o seu pedido.

E as três ali, boquiabertas, sem perder nadica de nada.

– Que homem chique!

– Bonitão!

– Tão educado!

O engraçado seria se ele viesse até elas e convidasse uma para dançar!

As outras iriam ficar arrasadas enquanto a escolhida ganharia a noite!

Isso é o que passava pela cabeça das três enquanto não tiravam os olhos de cada movimento daquele pobre ser escolhido.

E lá vem o jantar e ele, como se estivesse sozinho no mundo, vai degustando vagarosamente cada garfada.

– Mas ele realmente é perfeito! Diz a mais velha.

– Um gato! Diz a outra.

– Nossa, gente, será que ele é de verdade mesmo? Pergunta a terceira.

E, terminado o jantar, o garçom volta para retirar os pratos e aquele homem se recosta no espaldar da cadeira, aí sim observando à sua volta.

Parece que, finalmente, ele vai se preparar para escolher alguém para dançar.

As amigas nem piscam!

É quando nosso herói pega um palito (isso mesmo, Danuza, um PALITO!)  e começa a fazer a limpeza com sua boca aberta.

De bocas abertas, além dos olhos, é que ficaram nossas amigas!

Viraram para o outro lado e o encanto acabou…

Tudo!

Menos palito!

Nem pensar!

palito

 Imagens: 1. significado.sonhos.nom.br; 2. historiasdelari.blogspot.com

FAZ DE CONTA

fazconta

Faz de conta que sou feliz.

Que não ouço as notícias,

que não vejo as imagens,

que não existem crianças

passando fome, enjeitadas,

pobreza, analfabetismo,

desemprego e sequestro,

morte e calamidade.

—–

Faz de conta que sou feliz.

Que não percebo seu jeito,

que não sinto as mudanças

não vejo a indiferença,

a falta de sintonia,

de tato, de companhia,

do final se aproximando,

sem querer, me aprisionando.

—–

Faz de conta que mudei tudo.

Que sou forte, poderosa.

Às crianças dei um lar,

comida, escola, vontade

de aprender, de ser alguém.

Empreguei homens, mulheres

e dei um teto também.

—–

Faz de conta que mudei tudo.

Vi você se aproximando

abri meus braços e neles

você se ajuntou sorrindo.

Olhou, como já não fazia,

em meus olhos lá no fundo

e tudo foi paz, alegria

e seguimos pelo mundo.

casal

(Do meu livro Um Pouco de Mim)

Imagens: 1) gestaoadvbr.wordpress.com 2) angela.mulher.zip.net

TRÊS MULHERES ESPECIAIS

Trabalho há anos numa grande empresa e é interessante observar a diferença que existe entre as pessoas.

E nem sou psicóloga…

Primeiro passei a notar a Halina que é uma moça bem jovem e bonita.

Num meio em que, muitas vezes, as pessoas nem se conhecem e mal se cumprimentam, ela oferece o seu “bom dia” mavioso.

Isso mesmo: mavioso, de suave, terno, afável.

Quase vejo notas musicais saindo desse seu bom dia que ela oferece a todos, indistintamente.

– BOM DIA!

notas musicais

A segunda e não menos importante, é a Ana Carla.

Estávamos passando por um período de grande estiagem.

A grama, flores e arvorezinhas do nosso jardim estavam secas e tristonhas.

Aí, uma manhã, dois empregados da manutenção, chegaram com sua máquina Vap de lavar calçadas e começaram a esfregar o pátio demoradamente.

Algumas horas depois ela chega transtornada pedindo que parassem com aquilo, que era muita água sendo desperdiçada.

– São ordens! Responderam eles, continuando.

Ela então vai até a administração e conta o problema.

Mais tarde, ela que sempre se mostrou calma, contou-me que não tinha sido atendida, mas que tinha deixado registrado o seu protesto.

– Não adiantou nada! Disse ela tristemente.

lavadora VAP

Engano seu, minha amiga, são exemplos como o seu que nos fazem parar e pensar!

E a terceira é a Solange.

Nem trabalha mais conosco, mas talvez se soubessem de suas atitudes teria sido mais valorizada.

Nós usamos copos descartáveis para tomar água.

Como eles são muito frágeis, muitas vezes pegamos dois copos para ficar mais firme.

Um belo dia, ela chegou com um presente para todos do setor: um porta copos de plástico duro, perfeito para ser colocado o outro dentro.

– Assim não será preciso usar dois. Um só basta! Ela falou.

Em outra ocasião, na cozinha que fica ao lado, várias canecas e chaleiras ferviam água para o café.

A zeladora que o preparava não estava por ali.

Muitos tinham passado sem fazer nada.

Ela entrou, desligou a chama do gás para não ficar fervendo à toa.

Ninguém viu… só eu, mas foi um exemplo maravilhoso de alguém que, sem se mostrar, fez a sua parte.

chaleira

E eu fiquei pensando com meus botões: ainda bem que existem pessoas como essas mulheres que oferecem sorrisos, que se importam com o meio ambiente, que sabem a importância do poupar!

Nem tudo está perdido!

No final do túnel, existe luz!

uma_luz_no_fim_do_tunel

Imagens: 1) pensando.dihitt.com; 2) http://www.americanas.com.br; 3) http://www.robsonpiresxerife.com; 4) andretaka.wordpress.com

 

MULHERES SOZINHAS

Como ainda estamos celebrando o Dia da Mulher, segue essa poesia que fala da mulher sozinha por opção, um direito adquirido!

compras-mulher-desenho

Mulheres Sozinhas

Eu as vejo sempre

em todos os lugares.

Nas ruas

andando com pressa,

no volante do carro,

nas mesas de bares.

—–

São muitas

e de todas as idades.

Correm nos parques,

jogam nos bingos,

dançam nas festas,

vão orar aos domingos.

—–

Faço parte delas.

Dessas mulheres sozinhas.

Que lutaram, suaram,

que curtem a liberdade,

que preservam a intimidade,

que decidiram por si.

—–

Mas à noite, no quarto,

quando vou me deitar,

quero o cheiro, o braço,

do homem que escolho,

como travesseiro,

prá dormir e sonhar…

mulheres 1

(Do meu livro “Um Pouco de Mim”, em 1999)

Imagens: 1) juartenapraia.blogspot.com; 2) patycarlafreitas.wordpress.com

 

A MÃE QUE VIROU LOBO

Estávamos, há muitos anos atrás, em uma pequena cidade de Minas onde o trilho do trem cortava toda a cidade.

Ele vinha apitando forte nas curvas, menos na Sexta Feira Santa quando não se podia falar alto, nem assobiar, muito menos ligar o rádio em casa.

Assobiar o vovô não deixava mesmo!

– Mulher distinta, não assobia!

E eu que estava longe de ser mulher e nem sabia o que era distinta, apenas obedecia sem graça.

E lá ia o tempo passando, devagar, porque tudo ali era sem pressa.

Foi quando mamãe resolveu brincar “de mentirinha” comigo.

– Sabe, querida, que às vezes eu viro lobo?

– Como assim? Perguntei.

– Eu vou andando pelos trilhos até aquela curva e quando volto, sou um lobo.

Fiquei pensando, pensando e resolvi que queria ver.

– Quero ver, mãe, se isso é verdade!

– Pois então veja, mas não vale chorar!

E lá fiquei eu, na beira do trilho enquanto ela desaparecia na curva.

Nem lembro bem o que se passou na minha mente àquela hora: medo, angústia, dúvida…talvez!

E ela voltou.

lobo mau

Era um lobo, andando sobre duas pernas, com as roupas de minha mãe mas a cara de um lobo.

Horrorizada, corri até ele abraçando sua cintura e gritando:

– Não, mamãe! Não quero você lobo! Por favor! Vire minha mãe outra vez!

E mamãe me abraçava sorrindo dizendo:

– Mas sou eu, filhinha, sua mãe!

E eu com os olhos fechados, respondia:

– Não! É o lobo! Volte, mamãe!

E assim ficamos abraçadas, durante muito tempo!

mãe e filha

Muitos e muitos anos depois, quando nos reunimos para conversar, sou alvo das risadas de todos e ainda juro que vi minha mãe virar lobo.

E ela quando perguntada, sorri enigmaticamente e sacode a cabeça como quem diz:

– Quem sabe?

(Do meu livro Confidências ao Meio Dia, com um segundo título: O PODER DA SUGESTÃO)

Imagens: 1) http://www.popscreen.com; 2) galeria.colorir.com

 

MINEIRA

Ah, mineira, se soubesses

como é lindo teu andar…

Não és “garota de Ipanema”

nem ao menos tens um mar,

mas teu corpo tem o cheiro

dos quitutes, das quitandas,

do tempero brasileiro

que nos levam a sonhar.

És a rima, és a prosa,

pura e casta, hospitaleira,

a donzela valorosa

de tradicional família

que sobe ladeira

de ruas estreitas,

que vai à Igreja

rezar fervorosa.

És ilustre, tens história.

Na política és ardilosa.

És rica, dona de pedras

das minas do teu Estado.

Tens a música no sangue,

tens na língua o desacato,

tens no agrado teu recado,

tens na alma teu pecado.

Teu sorriso matreiro,

teu olhar zombeteiro,

teu gingado brejeiro

me fez prisioneiro:

não sei mais quem sou.

Do meu livro “UM POUCO DE MIM”

foto