MACARRÃO DELÍCIA

Quando postei o MOLHO DE TOMATE aqui, aposto que deixei vocês com vontade de macarrão.

Pois hoje vai uma receita que faz jus ao nome.

Vejam só os INGREDIENTES:

macarrão Penne (eu coloquei 1/4 do pacote)

azeite

1 cebola e 1 dente de alho

1/2 pacote de molho de tomate

1/2 vidro de requeijão cremoso

1/2 caixinha de creme de leite

150 gramas de presunto

150 gramas de queijo muçarela

queijo parmesão para polvilhar

OBSERVAÇÃO: para fazer meio pacote é só aumentar a quantidade dos ítens.

Primeiro cozinhe o macarrão em bastante água com sal e escorra. Reserve.

Numa panela ou frigideira frite a cebola batidinha com o alho amassado em azeite.

Pique o presunto e rale no lado mais grosso o queijo. Reserve.

Depois de fritar a cebola e alho, junte o molho de tomate, mexa, depois o requeijão e creme de leite.

Vá mexendo até incorporar bem. Coloque sal a gosto e pimenta do reino.

Retire e junte o presunto e queijo.

Em um pirex, coloque o macarrão, junte o molho por cima e salpique queijo ralado.

Leve ao forno já aquecido por mais ou menos 20 minutos.

Cremoso, saboroso, fácil de fazer!

“DISSE-LHES JESUS: PORQUE ME VISTE, TOMÉ, CRESTE; BEM-AVENTURADOS OS QUE NÃO VIRAM E CRERAM!” João, 20- 29

PÃO FRITO (SENSACIONAL!)

Já escrevi aqui sobre minha amiga Sonia que gosta de cozinha tanto quanto eu… foi ela quem preparou a ABÓBORA CABOTIÁ COM CHARQUE e me deu a dica sobre uma sobremesa deliciosa que depois fiz: REI ALBERTO.

Essa receita também foi ela quem me deu e achei maravilhosa, perfeita para o lanche da tarde!

Vamos então aos INGREDIENTES:

1 pão francês

3 ovos

3 colheres (sopa) de farinha de trigo

5 colheres (sopa) de creme de leite

150 gramas de queijo ralado

sal

cebolinha verde picadinha

óleo para fritar

Primeiro corte o pão em fatias (pode usar pão amanhecido).

Reserve.

Bata os ovos ligeiramente, junte o sal, a farinha, o creme de leite, queijo (eu usei o parmesão) e a cebolinha verde (que colhi da minha plantação- que orgulho!).

Misture bem tudo.

Pegue uma a uma as fatias do pão e envolva muito bem com essa mistura.

Coloque um pouco de óleo em uma frigideira e vá fritando as fatias.

Frite bem de um lado e de outro.

Retire e coloque em uma travessa com papel toalha.

Bem, aí é só saborear essa delícia!!!

Obrigada, amiga, adorei a dica!!!

“SENHOR, A TI CLAMO! ESCUTA-ME! INCLINA OS TEUS OUVIDOS À MINHA VOZ, QUANDO A TI CLAMAR. SUBA A MINHA ORAÇÃO PERANTE A TUA FACE COMO INCENSO, E SEJA O LEVANTAR DAS MINHAS MÃOS COMO O SACRIFÍCIO DA TARDE.”Salmos, 141- 1 e 2

MOLHO DE TOMATE CASEIRO

Nada como um bom molho de tomate para deixar seu prato mais saboroso!

Por acaso nesse dia eu comprei tomates lindos e que estavam no ponto para serem utilizados.

E lá vim eu para a cozinha preparar esse molho que ficou prá lá de bom!

INGREDIENTES

10 colheres (sopa) de azeite

2 dentes de alho

1 punhado de manjericão fresco (nada como quem tem no próprio quintal)

1 colher rasa (sopa) de sal

1 quilo de tomates ( esses 4 da foto, pesaram 1 quilo)

Primeiro lave bem os tomates e retire as sementes.

Corte em 4 partes e leve ao fogo em uma panela por aproximadamente 15 minutos, para apenas amolecer.

Em outra panela coloque o azeite e frite o alho e depois coloque o manjericão para dar uma pequena fritada. Mexa e retire do fogo. Reserve.

Com a ajuda de uma peneira, vá passado os tomates por ela. Não use o liquidificador.

Coloque esse molho na outra panela em que foi frito o alho e o manjericão e leve ao fogo por mais ou menos uma hora e meia. Acerte o sal.

Vejam como ele reduziu e ficou aquele molho encorpado e, claro, precisa ter paciência para ir mexendo de vez em quando até ficar pronto.

Mas, provei com essa massa e queijo ralado e ainda deu um pote que congelei.

HUUUMMMMMM!!!!!!!!!!!

“PORQUE A MINHA CASA SERÁ CHAMADA CASA DE ORAÇÃO PARA TODOS OS POVOS.” Isaías, 56- 7

PAVLOVA

“A pavlova é um doce feito para homenagear Anna Pavlova, uma bailarina russa. Apesar disso, diz-se que essa sobremesa não é originária da Rússia e, sim, da Nova Zelândia. A pavlova é um grande suspiro com recheio no meio, como se fosse uma torta.”

Bem, fomos eu, minhas filhas e netos até uma confeitaria aqui em Campo Mourão.

A Viviane pediu a pavlova e nós, outras gostosuras, mas quando chegou a sobremesa dela, todos nós quisemos experimentar porque estava maravilhosa!

Resultado, passamos no mercado, compramos os ingredientes e resolvemos fazer juntas, cada qual com seu pratinho, a dita gostosura.

Claro que não fizemos o suspiro: compramos 2 pacotes de suspirinhos prontos.

Não compramos a nata e substituímos por creme de leite com açúcar.

Mas foi tão bom podermos juntas montar a nossa própria delícia que resolvi mostrar como fizemos.

Cada uma foi colocando as camadas no próprio prato de sobremesa.

Primeiro os suspirinho, amassados grosseiramente.

Depois colocamos o creme de leite misturado com uma colher de açúcar e em seguida os morangos cortados ao meio.

Em seguida, jogamos mais creme e suspiro e para finalizar, um morango inteiro.

Pois é… foi uma sucessão de risos, de alegria e de disputa para ver qual ficou mais bonito!

Tudo isso para comermos e sentir o quanto é bom partilhar a companhia uma das outras.

Eu, Viviane, Fabiane e Isadora, amamos tudo!!!

“MUITAS SÃO, SENHOR MEU DEUS, AS MARAVILHAS QUE TENS OPERADO PARA CONOSCO, E OS TEUS PENSAMENTOS NÃO SE PODEM CONTAR DIANTE DE TI; EU QUISERA ANUNCIÁ-LOS E MANIFESTÁ-LOS, MAS SÃO MAIS DO QUE SE PODEM CONTAR.” Salmos, 40- 5

BOLINHOS DIFERENTES

Precisou a vinda de minhas filhas para eu fazer essa delícia de bolinho que elas amavam!

São feitos com batatas, mas o sabor é…diferente!

INGREDIENTES

1/2 quilo de batatas cozidas com sal

100 gramas de manteiga

1 pacote de queijo ralado

4 ovos inteiros

1/2 xícara de farinha de trigo

3/4 de xícara de água

óleo para fritar

Primeiro cozinhe e amasse as batatas.

Reserve.

Em uma panela coloque a água e manteiga para ferver.

Jogue a farinha de trigo dentro mexendo para formar uma massa que desgrude da panela.

Tire do fogo e junte os ovos um a um, mexendo sempre.

Junte as batatas amassadas e o queijo ralado.

Leve para fritar (com o auxílio de uma colher) em óleo quente até dourar.

Atenção: eles dobram de tamanho ao fritar.

Gente, é bom demais!!!

“MAS, Ó HOMEM, QUEM ÉS TU, QUE A DEUS REPLICAS? PORVENTURA, A COISA FORMADA DIRÁ AO QUE A FORMOU: POR QUE ME FIZESTE ASSIM?” Romanos, 9- 20

SOBREMESA SUPER, HIPER RÁPIDA

Para quem tem pressa em servir uma sobremesa, como foi o meu caso, vejam essa receita que fiz em que os netos comeram e disputaram a última colherada!

INGREDIENTES

1 pote de doce de leite (eu usei o Aviação que é muito bom)

1 caixinha de creme de leite bem gelado

1 e meia caixa de chocolate bis

Sim, é só isso!

Primeiro coloque em uma tigela o doce de leite (que pode ser também o leite condensado cozido por 30 minutos em panela de pressão) e junte o creme de leite bem gelado.

Pegue os bis e esfarele com as mãos, deixando alguns para colocar por cima.

Misture ao doce.

Coloque em um pirex e enfeite com os bis que estavam reservados.

Se quiser, pode colocar em uma forma alta e ao servir, cortar em fatias porque ele fica bem firme.

Fácil, simples e muito gostosa!!!

“MAS AS VOSSAS INIQUIDADES FAZEM DIVISÃO ENTRE VÓS E O VOSSO DEUS, E OS VOSSOS PECADOS ENCOBREM O SEU ROSTO DE VÓS, PARA QUE VOS NÃO OUÇA.” Isaías, 59- 2

PALMITO COM SHITAKE

Essa receita é tudo de bom!

Claro, com esses ingredientes, não tem como não ficar uma delícia…

Mas…vocês sabem o que é um Shitake?

Shitake: é o segundo cogumelo comestível mais consumido no mundo.

Ele tem uma textura mais firme, é marrom e alguns podem ser encontrados com uma circunferência de 4 a 10 centímetros. Ele pode ser comprado fresco ou desidratado.

Tem menos água, é mais seco e com sabor mais intenso.

Já coloquei aqui uma receita feita com ele: COGUMELO PARA APERITIVO.

Bem, palmito todos conhecem!

Então vamos aos INGREDIENTES:

1 vidro de palmito

2 tomates picadinhos

1 copo de requeijão

1/2 caixinha de creme de leite

200 gramas de shitake picado

queijo muçarela ou prato

manteiga para refogar

sal, pimenta do reino

Primeiramente corte o palmito, o shitake e os tomates.

Refogue na manteiga o shitake e o tomate até murchar bem.

Junte o palmito e tempere à gosto.

Em seguida, jogue o requeijão e o creme de leite e mexa mais um pouco.

Coloque em um pirex e por cima coloque rolinhos de queijo.

Leve ao forno pré aquecido até gratinar.

Eu coloquei em forma de alumínio descartável porque congelei, mas uma levei para o almoço na casa do meu filho e eles aprovaram!!!

“O SENHOR É QUEM TE GUARDA; O SENHOR É A TUA SOMBRA À TUA DIREITA. O SOL NÃO TE MOLESTARÁ DE DIA, NEM A LUA, DE NOITE.” Salmos 121- 5 e 6

PÉ DE MOLEQUE

No começo do século XX havia muitas baianas que vendiam doces em tabuleiros, no Rio de Janeiro. Os meninos gostavam especialmente desse doce de amendoim, mas como não tinham dinheiro, furtavam das baianas e elas ralhavam com eles para não roubarem.

Diziam para pedir, assim: – Pede, moleque!

E assim chegou até nós que ao em vez de “PEDE” do verbo “PEDIR”, virou “PÉ DE”…

De qualquer maneira, essa gostosura veio para ficar, principalmente nas festas Juninas!

Então vamos aos INGREDIENTES

1/2 quilo da amendoim

1/2 quilo de açúcar

1 colher (sopa) de manteiga

1 caixinha de leite condensado

O bom dessa receita é que usamos o amendoim sem torrar e sem tirar a pele; ele vai torrando a medida que for sendo feito.

Antes de começar, unte uma forma ou mármore da pia e também deixe aberta a caixinha de leite condensado, porque tudo é muito rápido.

Coloque todos os ingredientes (menos o leite condensado) em uma panela; eu usei uma panela de ferro para isso.

Vá mexendo sem parar como mostro nas fotos abaixo.

Quando o açúcar acabar de derreter, jogue o leite condensado e mexa até incorporar bem.

Coloque sobre o mármore untado e espere esfriar bem para começar a cortar.

Fica delicioso, meio puxa; então coloque em potes bem fechados para quando tiver vontade, comer!!!

“DEUS NÃO É HOMEM, PARA QUE MINTA; NEM FILHO DE HOMEM, PARA QUE SE ARREPENDA; PORVENTURA, DIRIA ELE E NÃO O FARIA? OU FALARIA E NÃO O CONFIRMARIA?” Números, 23- 19

SOPA DE MILHO COM CALABRESA

Ah, o frio!

Quem não gosta de um cobertor quentinho, uma série na TV e uma sopa para esquentar?

Eu gosto e muito!!!

Foi assim que fiz essa sopa usando milho ao natural, mas para quem não tem muito tempo, pode ser feita usando o milho em lata.

INGREDIENTES

3 espigas de milho verde (ou 2 latas)

1 linguiça calabresa

1 litro de água

1 caldo de legumes ou outro

1 cebola

1 dente de alho

azeite

cheiro verde, sal e pimenta

Primeiramente frite em um fio de azeite a calabresa cortada em cubinhos e reserve.

No azeite da panela, frite a cebola em fatias e o alho cortadinho.

Junte o milho e a água e deixe ferver bem.

Quando estiver macio, retire, bata em liquidificador e passe por uma peneira.

Leve o caldo ao fogo e tempere com sal e pimenta do reino.

Deixe ferver bem.

Junte a calabresa picada, deixe ferver mais um pouco e pronto!

Coloque para finalizar, um pouco de cheiro verde por cima e então é só aquecer seu estômago com essa gostosura.

Ui que delícia!!!

“E FAREI COM ELES UM CONCERTO ETERNO, QUE NÃO SE DESVIARÁ DELES, PARA LHES FAZER BEM; E POREI O MEU TEMOR NO SEU CORAÇÃO, PARA QUE NUNCA SE APARTEM DE MIM.” Jeremias, 32- 40

MUFFIN DE LEGUMES E CALABRESA

Muffin é um tipo de bolinho doce ou salgado muito usado em lanches.

“A origem dos muffins se encontra na Inglaterra, com referências em receitas a partir de 1703. Seu nome deriva da palavra original moffin, cuja origem deve-se a uma adaptação da palavra francesa moufflet (pão suave). … Antigamente os muffins eram vendidos nas ruas da Inglaterra na tradicional hora do chá.”Wikipédia

INGREDIENTES

RECHEIO

1 cebola

1 tomate

1 linguiça calabresa

1 pacote de seleta de legumes

azeite

Em uma panela frite a cebola picadinha em um pouquinho de azeite.

Junte a calabresa (tire a pele dela e corte em pedacinhos) e frite junto.

Junte o tomate (também em pedacinhos) e a seguir a seleta de legumes.

Coloque sal e pimenta do reino a gosto e reserve.

MASSA

2 ovos

1 e meia xícara de farinha de trigo

1/2 xícara de óleo

1/2 xícara de leite

1 colher (sobremesa) de fermento

1 colher (chá) de sal

Coloque os ingredientes acima nessa ordem na batedeira e misture bem.

Junte o recheio pronto e misture.

Unte a forma com manteiga e enfarinhe com o trigo.

Vá colocando a massa pronta nas cavidades e leve ao forno já aquecido 180º por 20 minutos.

Retire, espere esfriar e vá tirando os bolinhos (eles saem super fácil).

A qualquer hora, uma boa pedida!!!

Essa receita deu doze muffins e ainda uma forma pequena.

“OUVE, SENHOR, A MINHA VOZ QUANDO CLAMO; TEM TAMBÉM PIEDADE DE MIM E RESPONDE-ME.” Salmos, 27- 7