MUFFIN DE LEGUMES E CALABRESA

Muffin é um tipo de bolinho doce ou salgado muito usado em lanches.

“A origem dos muffins se encontra na Inglaterra, com referências em receitas a partir de 1703. Seu nome deriva da palavra original moffin, cuja origem deve-se a uma adaptação da palavra francesa moufflet (pão suave). … Antigamente os muffins eram vendidos nas ruas da Inglaterra na tradicional hora do chá.”Wikipédia

INGREDIENTES

RECHEIO

1 cebola

1 tomate

1 linguiça calabresa

1 pacote de seleta de legumes

azeite

Em uma panela frite a cebola picadinha em um pouquinho de azeite.

Junte a calabresa (tire a pele dela e corte em pedacinhos) e frite junto.

Junte o tomate (também em pedacinhos) e a seguir a seleta de legumes.

Coloque sal e pimenta do reino a gosto e reserve.

MASSA

2 ovos

1 e meia xícara de farinha de trigo

1/2 xícara de óleo

1/2 xícara de leite

1 colher (sobremesa) de fermento

1 colher (chá) de sal

Coloque os ingredientes acima nessa ordem na batedeira e misture bem.

Junte o recheio pronto e misture.

Unte a forma com manteiga e enfarinhe com o trigo.

Vá colocando a massa pronta nas cavidades e leve ao forno já aquecido 180º por 20 minutos.

Retire, espere esfriar e vá tirando os bolinhos (eles saem super fácil).

A qualquer hora, uma boa pedida!!!

Essa receita deu doze muffins e ainda uma forma pequena.

“OUVE, SENHOR, A MINHA VOZ QUANDO CLAMO; TEM TAMBÉM PIEDADE DE MIM E RESPONDE-ME.” Salmos, 27- 7

GELATINA COLORIDA

Quantas vezes experimentei essa gelatina, mas foi a primeira vez que fiz…

Fica tão bonita e é tão gostosa e fácil de fazer que vocês até já provaram ou fizeram alguma vez.

INGREDIENTES

1 caixinha de gelatina de limão

1 caixinha de gelatina de abacaxi

1 caixinha de gelatina de amora

1 caixinha de gelatina de cereja

1 pacotinho de gelatina sem sabor

1 caixa de leite condensado

1 caixinha de creme de leite

Primeiro faça as gelatinas (uma de cada vez) usando apenas 250 ml de água quase fervente e coloque em um recipiente (coloquei em um prato fundo) levando à geladeira até endurecer bem.

Quando estiver bem gelada, corte em pequenos pedaços e coloque em uma tigela.

Reserve.

Dissolva a gelatina incolor em um pouquinho de água bem quente.

No liquidificador, coloque o leite condensado e o creme de leite e bata bem.

Junte a gelatina incolor dissolvida e bata só o tanto de misturar.

Despeje sobre os quadradinhos das gelatinas reservada e misture.

Molhe uma forma de buraco e coloque a mistura pronta.

Leve à geladeira até ficar bem firme, passe uma faca em volta com cuidado e vire em um prato definitivo.

Observação: eu coloquei água quente em uma forma maior e passei rapidamente a forma com a gelatina para soltar o fundo e não grudar.

Uma sobremesa sensacional!!!

“SE, COM A TUA BOCA, CONFESSARES AO SENHOR JESUS E, EM TEU CORAÇÃO, CRERES QUE DEUS O RESSUSCITOU DOS MORTOS, SERÁS SALVO.” Romanos, 10- 9

SALMÃO CREMOSO

Minha filha Fabiane ganhou mais um título hoje: Rainha dos Salmões!

É dela essa receita de hoje, bem como as foto e essas duas outras: Salmão Especial e Salmão ao Forno!

Vamos aos INGREDIENTES para uma pessoa:

1 posta grande de salmão

3 batatas doces

brócolis (a gosto)

1 caixa de creme de leite

Queijo parmesão ralado (a gosto)

Corte o salmão em cubos e tempere com limão, sal e pimenta do reino.

Reserve.

Cozinhe separadamente a batata e o brócolis em panelas com água e sal.

Em uma panela, em fogo baixo, coloque manteiga e junte a batata cozida e esmagada com um garfo (tipo purê). Se ficar muito mole, acrescente uma colher rasa de farinha de trigo.

Junte o creme de leite, mexa e coloque o brócolis cortado em pedaços bem pequenos. Tempere com sal e pimenta do reino. Retire do fogo e coloque esse creme em um pirex.

Coloque por cima os cubos do salmão temperados, cubra com queijo ralado e leve ao forno por cerca de 20 minutos a 180º pré aquecido.

Acompanhe com uma salada verde e bom apetite!!!

“ESCONDI A TUA PALAVRA NO MEU CORAÇÃO, PARA EU NÃO PECAR CONTRA TI.” Salmos, 118- 11

COMEMORANDO OITO ANOS DO BLOG COM POESIA

Sim, já estamos bem crescidinhos e viajamos por inúmeros lugares desse nosso mundo!

Tenho apenas uma palavra para vocês, meus seguidores, leitores e amigos: GRATIDÃO!!!

E então vamos comemorar com poesia!

OUTONO

FOLHAS CAINDO AOS POUCOS

DAS ÁRVORES A FARFALHAR.

ENTÃO A CALÇADA SE COBRE

TAPETE PARA EU PASSAR.

——————–

É O COMEÇO DO OUTONO

PARA O VERÃO TERMINAR.

E O CICLO CONTINUA

ATÉ O INVERNO CHEGAR.

——————–

A BRISA TORNA-SE AMENA

COMO CARÍCIA DE AMOR

E LEMBRANÇAS VÃO CHEGANDO

PARA MIL VERSOS COMPOR.

——————–

SÃO DOCES CHEIROS DE INFÂNCIA

IMPREGNADOS NO AR.

SÃO MÚSICAS QUE TRAZEM LEMBRANÇAS

QUE ME LEVAM A SONHAR.

——————–

A NATUREZA É PERFEITA

É OBRA DO CRIADOR.

SÃO SONS DA ORQUESTRA DIVINA

REGENDO UM SANTO LOUVOR!

(Imagem do bolo feita pela @arteempapelluanda, da minha filha Viviane; imagem outono: espaço Ciência).

Clique para ver as comemorações de outros anos:

SETE ANOS E UM POEMA

ROSQUINHAS DA MINHA MÃE E PARABÉNS PARA O BLOG

2º ANIVERSÁRIO DO BLOG

PRIMEIRO ANIVERSÁRIO DO BLOG

PAVÊ DE COCO QUEIMADO E 4 ANOS DO BLOG

“BOM É LOUVAR AO SENHOR E CANTAR LOUVORES AO TEU NOME, Ó ALTÍSSIMO, PARA DE MANHÃ ANUNCIAR A TUA BENIGNIDADE E, TODAS AS NOITES, A TUA FIDELIDADE.” Salmos, 92- 1 e 2

PUDIM DE GOIABADA

Para comemorarmos o Dia das Mães desse ano, levei essa sobremesa para o almoço na casa do meu filho que representou suas irmãs que moram longe.

Como eu, boa mineira, amo goiabada achei maravilhosa!

INGREDIENTES

400 gramas de goiabada

2 copos de requeijão cremoso

2 caixinhas de creme de leite

4 ovos

CALDA

1 pedaço de goiabada

1/2 copo de água

Primeiramente, forre todo o fundo de um pirex com fatias da goiabada.

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata bem.

Despeje essa mistura sobre a goiabada e leve ao forno (180º) por cerca de 30 minutos ou até dourar.

Retire do forno e reserve enquanto prepara a calda.

Coloque os pedacinhos da goiabada em uma caneca com a água e leve ao fogo, mexendo até derreter. Cubra o pudim com ela.

Sirva morno ou frio, de qualquer maneira é delicioso!!!

Observação: fiz metade dessa receita acima porque estávamos apenas em três adultos.

“RETENHAMOS FIRMES A CONFISSÃO DA NOSSA ESPERANÇA, PORQUE FIEL É O QUE PROMETEU.” Hebreus, 10- 23

A CASA DO PORQUINHO PRÁTICO

“No jargão da didática de leitura e escrita, reescrever um texto não é corrigi-lo ou revisá-lo, como faz supor o senso comum. No contexto da disciplina, reescrever é contar, com as próprias palavras, uma história conhecida, com a qual a turma já está bem familiarizada.”

E é isso que fiz em várias histórias que coloquei aqui, como:

A FILHA DA GALINHA RUIVA

DUNGA, O ANÃO QUE NÃO ERA MUDO

Como tenho visto nas estatísticas um grande número de procura por essas historinhas, resolvi colocar outra.

E hoje, a reescrita vai ter como personagem principal, A CASA DO PORQUINHO PRÁTICO.

Éramos três casinhas: uma feita de bambu, outra de tábuas e outra de tijolos.

Eu sou a de tijolos e vou contar o que aconteceu com as outras duas.

Fomos construídas por três irmãozinhos: o Cícero, o Heitor e o Prático.

Eles andavam com muito medo porque souberam que um Lobo muito mau havia chegado nas vizinhanças e logo acabaria por ali.

Foi quando cada um resolveu fazer uma casa e eu fui a última a ficar pronta.

Fui construída com tijolos, muito cimento e muita paciência e fiquei uma beleza: com janelas e floreiras, porta com cadeado e até uma lareira com enorme chaminé.

Enquanto isso, eu observava os dois irmãos que já estavam com suas casas prontas, a cantar e dançar pelos caminhos.

Nisso, uma correria danada!

Cada um entrou e se fechou dentro de suas casas.

Era o Lobo que chegava!

E logo ouvi sua voz, alta e forte, gritando na frente da casa do Cícero:

– Abra essa porta senão eu assopro e bufo e faço voar essa casa pelos ares!

E ele soprou e bufou e as palhas voaram nada sobrando daquela casinha.

Também ela era amarrada com barbantes e cola!

E não é que o Lobo já estava gritando na porta do Heitor onde o Cícero entrara correndo?

– Abra essa porta senão eu sopro e bufo e faço voar essa casa pelos ares!

E ele soprou e bufou e as tábuas foram caindo como se feitas de papel.

Que susto!

Abri minha porta para os dois irmãozinhos que entraram correndo como um raio, tremendo de medo.

Mas o Prático que estava sossegado, pois sabia como tinha me construído, acalmou-os dizendo que nada iria acontecer porque eu era muito forte.

Fiquei contente, mas sabia que a responsabilidade era enorme.

Eu tinha que salvar a vida daqueles três irmãozinhos adoráveis!

E o Lobo chegou gritando na minha porta:

– Abra essa porta senão eu assopro e bufo e faço voar essa casa pelos ares!

E o ouvimos soprar e bufar, e bufar e soprar e eu ali, firme como uma rocha.

Não balancei nem um milímetro!

Mas o Lobo não desistiu.

Resolveu entrar pela chaminé.

Mas o Prático que além de tudo era muito inteligente colocou fogo na lareira e quando o Lobo desceu, seu rabo começou a pegar fogo e ele saiu como um foguete, correndo sem nem olhar para trás.

E o final foi feliz, é claro: os irmãos se abraçaram e Cícero e Heitor resolveram construir casas iguaizinhas a mim.

Sou ou não sou poderosa?

Outras historinhas com centenas de visualizações:

O SORRISO DO GATO DA ALICE

O ARCO ÍRIS

A FADA SERELEPE

O LANCHE DAS PRINCESAS

O DIA DO PAPAI NOEL

Imagens: 1) Dentro da História; 2) Cultura Genial; 3) iStock

“OUVE-ME, SENHOR, POIS BOA É A TUA MISERICÓRDIA; OLHA PARA MIM SEGUNDO A TUA MUITÍSSIMA PIEDADE.”Salmos, 69- 16

BOLO FAROFA

Sabe aquele bolo que sempre fazíamos e, não sei porque, ficamos um bom tempo sem fazer?

Pois é… isso aconteceu com esse!

Fui olhar em meu caderno de receitas antigo e me deparei com essa relíquia: Bolo Farofa!

Já viu um bolo que sai com recheio?

Pois esse sai!

INGREDIENTES DO CREME

1 lata de leite condensado

a mesma medida de leite

1 colher (sopa) de maisena

1 colher (sopa) de manteiga

1 lata de creme de leite

INGREDIENTES DA MASSA

3 xícaras de farinha de trigo

1 colher (sopa rasa ) de fermento

1 ovo

1 e 1/2 xícara de açúcar

3 colheres (sopa) de manteiga (ou margarina) gelada

Vamos primeiro ao creme porque ele tem que ficar frio para podermos utilizá-lo.

Misture todos os ingredientes (menos o creme de leite) e leve para ferver levemente. Retire e deixe amornar. Junte o creme de leite e reserve.

Para a massa, coloque todos os ingredientes em uma tigela e misture com as mãos, esfarelando.

Unte uma forma e coloque metade da farofa, apertando bem.

Coloque por cima todo o creme já frio e espalhe o restante da farofa.

Leve para assar em forno quente por mais ou menos trinta minutos.

Você pode comer esse bolo assim morninho ou frio.

Ele não desmonta não!

“MANDA AOS RICOS DESTE MUNDO QUE NÃO SEJAM ALTIVOS, NEM PONHAM A ESPERANÇA NA INCERTEZA DAS RIQUEZAS, MAS EM DEUS, QUE ABUNDANTEMENTE NOS DÁ TODAS AS COISAS PARA DELAS GOZARMOS.” I Timóteo, 6- 17

SPOILER- PALAVRA DA MODA!

“Spoiler é quando alguma fonte de informação, como um site, ou um amigo, revela informações sobre o conteúdo de algum livro, ou filme, sem que a pessoa tenha visto.”

Não gosto de usar palavras em inglês.

Como dizia minha mãe: “moro no Brasil, falo português, não tenho obrigação de usar palavras em inglês. Imagina se eu vou pedir um HOT DOG ao invés de CACHORRO QUENTE, nunquinha!”

Algumas palavras foram incorporando aos poucos em nosso modo de falar e… voltando ao spoiler eu diria: vou te dar uma DICA.

E sim, vou te dar uma dica ótima: meu livro novo está quase nascendo!

Se fosse uma gravidez, diria que está entrando no sétimo mês de gestação.

Mas como será ele então?

De que se trata?

Qual o nome?

Vou responder: como ele já tem irmãos, terão suas parecenças, é claro.

Trata-se de uma reunião de Crônicas, Haicais e Poesias.

O nome? ACALANTO.

A capa já está desenhada, os textos revisados e a editora contratada.

Mais do que isso não posso revelar, porque em lugar de “dica”, vou entregar tudo de uma vez…

Mas sonho em tê-lo nas mãos!

Dê uma olhada nos textos que escrevi “ENQUANTO ELE NÃO CHEGA” e “ELE CHEGOU!!! A FESTA PARA ELE” em fevereiro de 2018.

(Eu autografando meu último livro)

Como pode ser isso? Essa ansiedade, essa vontade de traduzir o pensamento em palavras e mostrar a todos aquilo que levamos tempo pensando, estudando até nos entregarmos a inspiração de escrever?

Cada vez é única e especial.

Bem, já dei meu “SPOILER” de hoje.

Isso para aqueles que amam uma palavra em inglês.

Imagem 1- Freepik; 2- Pinterest;

“TODAVIA, O FUNDAMENTO DE DEUS FICA FIRME, TENDO ESTE SELO: O SENHOR CONHECE OS QUE SÃO SEUS, E QUALQUER QUE PROFERE O NOME DE CRISTO APARTE-SE DA INIQUIDADE.” 2 Timóteo 2- 19

FILÉ DE PEIXE AO FORNO

Coloquei a poucos dias a receita de Filé de Peito de Frango ao Forno, e hoje fiz essa maravilha que posto para vocês.

Também é fácil, rápida, não vai ao fogo, não suja quase nada e fica uma gostosura!

INGREDIENTES

4 filés de peixe, ou mais (eu usei a tilápia)

3 batatas

1 cebola

2 tomates

sal, pimenta do reino

1 limão

azeite

1 copo de requeijão cremoso

Primeiramente tempere o peixe com sal, pimenta e limão.

Reserve.

Em um pirex, cubra bem o fundo com azeite.

Descasque as batatas e corte em rodelas não muito finas colocando sobre o azeite no pirex.

Corte em pedaços a cebola e os tomates.

Pegue os filés e disponha sobre as batatas e em seguida, espalhe a mistura de cebola e tomates.

Em seguida, regue um pouco de azeite por cima e, se quiser, coloque mais um pouco de tempero por cima. Leve ao forno coberto com papel alumínio, já aquecido em forno médio por cerca de 30 minutos.

Experimenta com um garfo para ver se a batata está molinha ( a minha em 30 minutos ficou ótima).

Retire e despeje o requeijão cremoso por cima e leve ao forno novamente por 10 minutos.

Aí é só degustar, mais essa delícia de receita que você pode acompanhar com um arroz branco e uma saladinha.

“A MINHA ALMA DISSE AO SENHOR: TU ÉS O MEU SENHOR; NÃO TENHO OUTRO BEM ALÉM DE TI.” Salmos, 16- 2

PERAS AO VINHO

Em um dia qualquer desses, minha amiga Cidinha veio buscar umas Comidinhas da Vovó e trouxe um potinho desse doce delicioso!

Me deliciei com ele e pedi a receita, é claro!

Então vamos a ela, a receita.

Sim, os ingredientes são só esses mesmo:

4 peras

1 copo de açúcar

1 copo de vinho (ela usou rosé e eu usei um branco seco)

Canela em rama a gosto

Água que cubra as peras

Lave bem as peras (não descasque) e corte-as ao meio.

Coloque em uma panela grande todos os ingredientes e leve ao fogo para ferver.

Com bastante cuidado você pode virar algumas vezes.

Quando enfiar um garfo e sentir que está macia, pode retirar (leva mais ou menos de trinta a quarenta minutos).

Coloque em um pirex bonito e leve à geladeira.

Na hora de servir, coloque em uma taça com creme de leite por cima.

Além de uma sobremesa chique, é também uma delícia!!!

Se quiser mais uma receita com pera, experimente a Torta de Pera, clicando aqui.

“A SALVAÇÃO VEM DO SENHOR; SOBRE O TEU POVO SEJA A TUA BÊNÇÃO.” Salmos, 3- 8