PUDIM ROMEU E JULIETA

Como boa mineira que sou, não podia deixar de experimentar essa receita de: goiabada com queijo!!!

Aproveitei que algumas amigas vieram para jantar em minha casa e fiz como sobremesa: amaram!

INGREDIENTES

1 leite condensado

a mesma medida de leite

1 copo de requeijão cremoso

4 ovos

1/2 xícara de queijo parmesão ralado

Coloque todos os ingredientes em liquidificador e bata bem.

Unte uma forma com manteiga e polvilhe açúcar.

Cubra com papel alumínio e leve ao forno pré aquecido em 180º por uma hora em banho maria.

CALDA

200 gramas de goiabada

2 colheres (sopa) de açúcar

1 copo de água

Prepare a calda levando ao fogo em uma panelinha até dissolver bem a goiabada.

Reserve.

Depois de assado o pudim, leve à geladeira até esfriar bem antes de desenformar.

Vá derramando a calda de goiabada em todo ele.

E essas são as amigas que vieram e provaram o doce.

(Maria Teresa, Clarisse, Rose e eu)

Coisas de mineira…

DECERTO, FIZ CALAR E SOSSEGAR A MINHA ALMA; QUAL CRIANÇA DESMAMADA PARA COM SUA MÃE, TAL É A MINHA ALMA PARA COMIGO.”Salmos, 131- 2

 

 

 

 

ANDANÇAS

Engraçado como as coisas boas acontecem até sem planejamento…

E isso aconteceu num domingo de setembro.

Acordei num dia lindo de sol e calor, com todo aquele dia pela frente e sem saber o que fazer.

Não demorou muito e o whatsapp apitou.

Minhas duas amigas, Ester e Giselta estavam perguntando o que eu achava de irmos até a Fazendinha passar o dia.

-Que ótimo! Um programa para hoje! Vamos sim! Falei alegre.

A Pousada Fazendinha pertence a um casal amigo, a Iracema e o Denir, que transformaram esse local em um encanto de lugar!

E, depois de nos encontrarmos na Praça, onde todos os domingos acontece a Feira Criativa da cidade, seguimos para lá.

E ali estavam eles: ela percorrendo tudo para se certificar que tudo corria bem e ele em uma mesa à beira da piscina, saboreando um vinho branco.

Pois foi ali que ficamos, entre conversas e lembranças, saindo de vez em quando para tirar algumas fotos do lugar.

E chegou a hora do almoço!

Que comida gostosa!

Eu, como boa mineira, me servi de carne de porco pururuca e da abóbora assada com açúcar mascavo.

Depois, sobremesa!

E se engana quem pensou que aí fomos deitar na rede para um repouso tranquilo.

Que nada… minhas duas amigas que estão acostumadas a fazer trilhas, me chamaram para andar numa delas que cortava a pousada.

E lá fui eu: com meu vestido africano, bolsinha nas mãos e mule!

Isso mesmo! Completamente despreparada para o feito!

Mas fui!

E elas riram muito de mim e eu aproveitava para deixar tudo mais engraçado do que já estava.

Até um lagarto enorme elas viram, mas eu não vi!

Estava agarrada aos arbustos pelo caminho até chegar a ponte pênsil, que foram duas, enquanto elas me zoavam muito.

Quando chegamos ao final da trilha, parei, levantei os braços e gritei:

-consegui!!!

E saiu essa foto!

Querem me convidar para uma próxima trilha (verdadeira) que farão no final do mês.

Não sei não…

Acho que fiquei satisfeita com essa!

“CERTAMENTE QUE A BONDADE E A MISERICÓRDIA ME SEGUIRÃO TODOS OS DIAS DA MINHA VIDA; E HABITAREI NA CASA DO SENHOR POR LONGOS DIAS.” Salmos 23- 6

 

 

 

PUDIM JAPONÊS

Eu preparei essa receita que li no “Tudo Receitas”como sobremesa de um jantarzinho em minha casa.

Perguntei às minhas convidadas quais eram o ingredientes dela.

Elas experimentaram, pensaram e disseram várias coisas, mas não acertaram.

Pois é, são apenas 3 ingredientes para esse doce gostoso!

Vamos a eles.

2 barras de chocolate branco

2 potes de cream cheese

6 ovos

Primeiro derreta o chocolate no micro-ondas durante 30 segundos.

Retire, misture e repita a operação até derreter por completo.

Reserve para esfriar.

Adicione o queijo cremoso ao chocolate branco derretido e misture bem.

Separe as claras das gemas e adicione as gemas à misura anterior (não esqueça de peneirar as gemas).

Bata as claras em neve e adicione pouco a pouco na misura anterior envolvendo DELICADAMENTE para que não percam o ar.

Esse é o segredo: misturar levemente, com cuidado.

Unte uma forma redonda e coloque a massa.

Pré aqueça o forno em 180º.

Leve ao forno em banho maria por mais ou menos 30 minutos.

Desligue o forno e deixe o pudim por mais 15 minutos (não abra o forno).

Retire, espere esfriar e coloque em um prato para levar à geladeira.

Vejam como ele fica areado por dentro!

E uma gostosura!!!

“CRÊ NO SENHOR JESUS CRISTO E SERÁS SALVO, TU E A TUA CASA.” Atos, 16-31

 

PUDIM DE LEITE EM PÓ

No sábado, dia 8 desse mês de dezembro, tivemos o encerramento das atividades da AME (Associação Mourãoense de Escritores) em uma chácara da nossa amiga Zilma.

Foi um dia muito gostoso, mas vou contar de uma coisa mais gostosa ainda!

Um pudim que a filha da Silvania fez, levou e nos passou a receita.

Ela se chama Izabelle e com mais duas amigas, Marcela e Sabrina, criaram um grupo de teatro Cazamiga que por várias vezes nos presentearam com apresentações.

É claro que fiz!

Não vai ovos e nem vai ao fogo ou forno, super prático e fácil de fazer!

INGREDIENTES

1 leite condensado

2 xícaras de leite em pó

200 ml de leite integral

500 gramas de creme de leite

 10 folhas de gelatina incolor

Calda: 1 pote de Nutella

meia caixinha de creme de leite

Bata em liquidificador o leite condensado, o leite em pó, o leite integral e o creme de leite.

Coloque a gelatina para hidratar, dissolva (como as instruções dela) e misture ao liquidificador.

Bata bem.

Unte uma forma de pudim com óleo (não vai ficar com gosto)e despeje a mistura. 

Cubra com papel filme e leve à geladeira até ficar bem firme!

Vire em um prato.

Prepare a calda, que é só misturar os dois ingredientes.

Despeje por cima e sirva bem gelado!

Uma gostosura!!!

“TU ÉS O LUGAR EM QUE ME ESCONDO; TU ME PRESERVAS DA ANGÚSTIA; TU ME CINGES DE ALEGRES CANTOS DE LIVRAMENTO.” Salmos, 32- 7

 

 

UMA TARDE/NOITE NA FAZENDA

Piratuba é uma cidade de Santa Catarina onde nossa anfitriã nasceu e, portanto, o nome dessa fazenda linda.

E foi lá que passamos horas num encontro de amigas com a natureza que explode em flores, campos, árvores, lago e ar puro.

O convite veio da Marlene, amiga de longa data, para vermos o por do sol tomando um champanhe.

(Aqui ela e seu marido Valmor)

E chegamos quase na hora dele se por.

(A casa)

Tirei muitas fotos porque tudo me encantava!

E chegou a hora do sol se por: majestoso!

E foi quando fizemos um brinde à nossa amizade de tantos anos e silenciosamente agradeci a Deus por aquele momento.

(Tita, Marlene, Irma, Rose, Maria Tereza e eu)

Logo, logo a lua apareceu!

E nós invadimos literalmente o interior da casa!

E como quando a gente se junta vira criança, entramos no close onde achamos chapéus de todos os tipos e regiões diferentes!

Claro que colocamos e… mais fotos!!!

Mais duas amigas chegaram nessa hora para participar do jantar conosco: a Walquíria e a Cláudia.

E o prato foi Bacalhoada, devidamente já preparado os ingredientes em vasilhas que a Teresa montou com a habilidade de sempre.

A salada ficou por conta da Tita que foi nomeada “nossa saladeira mor”!

E as sobremesas levei prontas: Tiramisù e Sobremesa de Manga com Limão Siciliano.

Vinho tinto servido gentilmente pelo nosso anfitrião.

Sentamos à mesa, brindamos mais uma vez, jantamos deliciosamente e jogamos conversa fora até bem tarde!

Obrigada ao casal que nos recebeu com tanto carinho!

E prestem atenção: logo vamos aceitar o convite para “uma noite do pijama”, que claro que vou fotografar e postar tudinho para vocês!

“NÃO ABANDONES O TEU AMIGO, NEM O AMIGO DE TEU PAI, NEM ENTRES NA CASA DE TEU IRMÃO NO DIA DA TUA ADVERSIDADE; MELHOR É O VIZINHO PERTO DO QUE O IRMÃO LONGE.” Provérbios, 27- 10

 

 

 

 

 

PUDIM SEM FORNO

O almoço ou jantar, pode ser uma delícia, mas a hora da sobremesa é a mais esperada por todos!

E hoje vou mostrar a receita de uma unanimidade nacional: o pudim!

E esse com uma característica: não vai ao forno!

no pratinho

Ele é leve, fácil de fazer e fica muito bom!!!

ingredientes

INGREDIENTES

1 lata de leite condensado

1 caixa de creme de leite

1 xícara (chá) de leite integral

1 envelope de gelatina sem sabor

calda

CALDA

1 xícara de açúcar

1/2 xícara de água

Primeiro prepare a calda, derretendo o açúcar e juntando a água aos poucos.

Forre uma forma com ela e reserve.

Prepare a gelatina conforme a indicação do pacote e reserve.

no liquidificador

Coloque os outros ingredientes no liquidificador e bata bem.

Junte a gelatina e bata novamente.

na forma

Coloque na forma já com a calda e leve à geladeira.

pudim

Depois de frio, vire em um prato e aproveite: é bom demais!!!

“EU AMO OS QUE ME AMAM, E OS QUE DE MADRUGADA ME BUSCAM ME ACHARÃO.” Provérbios, 8- 17

 

MANJAR BRANCO

“Uma iguaria delicada ou apetitosa; manjar dos deuses: uma comida deliciosa, parecida com a comida dos deuses.”

manjar 4

Fazia tempo que eu não preparava essa sobremesa e ela é realmente tão fina, leve e saborosa (além de tão rápida e fácil de fazer) que deveríamos nos lembrar dela muito mais vezes!

manjar 1

INGREDIENTES

1 litro de leite

1 lata de leite condensado

1 pacote de 50 gramas de coco ralado

2 colheres (sopa) de manteiga

3 colheres (sopa) de maisena

1 pacotinho de gelatina sem sabor

ameixa em calda (para acompanhar)

Misture tudo (menos a gelatina) e leve ao fogo mexendo sempre até ferver e engrossar. Retire e junte a gelatina (já dissolvida como é explicada no pacotinho) mexendo bem.

Coloque em uma forma de buraco untada com óleo e leve à geladeira.

manjar 2

Prepare a calda: leve as ameixas para ferver com 1 xícara de açúcar.

manjar 3

Desenforme o manjar depois de gelado e derrame sobre ele as ameixas em calda.

manjar 5

Muita gente não aprecia muito as ameixas em calda; nesse caso pode ser servido o manjar com, por exemplo, pêssegos em calda.

“SEJAM AGRADÁVEIS AS PALAVRAS DA MINHA BOCA E A MEDITAÇÃO DO MEU CORAÇÃO PERANTE A TUA FACE, SENHOR, ROCHA MINHA E LIBERTADOR MEU!” Salmos 19- 14

 

A VACA QUE RI

É isso mesmo: uma sobremesa com nome esquisito, mas super fácil de fazer e deliciosa!!!

vaca1

São 8 pequenos triângulos de queijo, embrulhados em papel alumínio e acondicionados nesta embalagem acima.

Se caracteriza por um sabor suave e uma textura muito cremosa.

vaca2

INGREDIENTES

1 lata de leite condensado

1 lata de creme de leite

1 caixa de a vaca que ri

1 pedaço de goiabada

Bata no liquidificador os três primeiros ingredientes e leve para gelar no freezer ou congelador de véspera.

vaca3

Meia hora antes de servir, retira e bata novamente em liquidificador levando à geladeira.

Prepare a goiabada.

vaca4

Corte em pedacinhos e leve para derreter com um pouquinho de água.

vaca5

Sirva em taças com a goiabada bem quente por cima.

vaca6

O contraste do frio com o quente fica maravilhoso!!!

“QUANDO ANDAR EM TREVAS E NÃO TIVER LUZ NENHUMA, CONFIE NO NOME DO SENHOR E FIRME-SE SOBRE O SEU DEUS”. Isaías, 50-10

CHICO BALANCEADO

Em nossa família sempre fizemos essa receita, só que ela não tinha nome… 

– Vamos fazer “aquela” de banana?

Ou:

– Hoje tem a sobremesa de “banana com suspiro”!

Até que fiz um caderno de receitas e na hora de colocá-la pensei e escrevi: “Banana Maravilha”… meio sem graça!

chico7

Foi quando “descobri” o nome verdadeiro, mas não entendi o porquê… segue, portanto essa delícia de “Chico”!!!

INGREDIENTES

6 bananas

1 xícara de açúcar (para caramelar as bananas)

1 xícara de açúcar (para fazer o suspiro)

1 lata de leite condensado

2 medidas da lata de leite

3 gemas/ 3 claras em neve

2 colheres (sopa) de maisena

Primeiro caramele as bananas.

chico

Coloque em um pirex.

chico2

Faça um creme levando os leites, as gemas e maisena ao fogo.

(Eu coloco as gemas num copo, acrescento a maisena, misturo super bem e ponho um pouquinho de leite para diluir bem. Aí é que misturo aos leites e levo ao fogo mexendo sempre).

chico3

Coloque sobre as bananas.

chico4

Leve ao fogo o açúcar e meia xícara de água para ferver até ficar uma calda grossa.

Bata as claras em neve e vá despejando a calda sobre elas batendo bem.

chico5

Coloque com cuidado sobre o creme.

chico6

Leve ao forno bem quente só para dar uma dourada no suspiro.

Sirva gelado!!!

FEIRAS GASTRONÔMICAS

Esse texto abaixo, bem como as fotos, foi redigido pela minha filha jornalista Fabiane Fernandes Prohmann.

Obrigada, minha querida, por sua participação nesse blog (está a sua disposição sempre que quiser, OK?)!

FEIRAS GASTRONÔMICAS DE RUA FAZEM SUCESSO EM CURITIBA!

Curitiba é considerada por muitos uma cidade sisuda, mas quem mora aqui sabe que a história não é bem essa.

A capital do Paraná tem dezenas de parques e praças e, quando o tempo colabora, o melhor programa é juntar os amigos e curtir as deliciosas feiras gastronômicas. 

A moda pegou e várias feiras já fazem parte do calendário gastronômico da cidade.

EMPÓRIO SOHO

A primeira delas é a que acontece na Praça da Espanha, a minha preferida, já que fica ao lado da minha casa.

FOTO 1

(A Praça da Espanha, no Batel, depois da revitalização)

Depois de oito meses fechada, por conta da revitalização, o novo espaço recebeu a 11ª edição do Empório Soho, onde estabelecimentos da região montam suas barracas e oferecem pratos, lanches e sobremesas, por um preço único. 

O evento mais recente aconteceu no início de maio e foi um sucesso! Tudo bem que a presença do sol foi fundamental, mas a organização e a boa comida foram os responsáveis pelos três dias de praça cheia.

FOTO 2

(O sol apareceu e a praça ficou cheia nos três dias do evento)

Entre os 22 estabelecimentos, eu e minha mãe escolhemos almoçar no “Simples Assim”- sanduíche de linguiça Blumenau (delicioso!)- e de sobremesa, brownie com calda de frutas vermelhas para mim, e com calda de chocolate com nozes para minha mãe, do Brooklyn Batel. Maravilhoso!

FOTO 3

(Eu e minha mãe, aproveitando o evento)

Mas tinha muita coisa boa, como o Empório Rosmarino, Madero, Fabiano Marcolini, Caramelodrama, Tartine, Devassa, Bacio Gelato, Clube do Malte, Los Paleteros, Mezanino das Artes, entre outros.

ALTO JUVEVÊ

Outra feira tradicional em Curitiba é a Alto Juvevê Gastronomia. 

A 10ª edição aconteceu no início de março, com 21 estabelecimentos participantes.

O espaço escolhido também é uma delícia: a Praça Brigadeiro Mário Eppinghauss.

Já estamos ansiosos pela próxima, que será nos dias 6 e 7 de junho desse ano!

FOTO 4

(Visão geral da feira do Juvevê)

Entre os restaurantes que costumam participar da feira estão o Trovatta, Yakifast, Armazém 71, Doce Fado, La Grappa, Mukeka, Madero, Sacristia, Freddo e Cookies Stories.

FOTO 5

(Eu e minha amiga Fabiana, em julho do ano passado, na feira do Juvevê)

FEIRA NA AUGUSTO STRESSER

Outra feira que está na sua 3ª edição é a Ao Gosto da Stresser, realizada na Rua Augusto Stresser, no Juvevê.

A última foi em agosto de 2014, e ainda não há notícias de quando será a próxima.

FOTO 6

(Fabiana, Luana e eu no Ao Gosto da Stresser- as “Lufas” adoram as feiras curitibanas!)

Participaram do evento Adega Franco, Au-Au, Banoffi, New York Café, Senhor Garibaldi, Valbella e Pasta Ducale.

Fui com minhas amigas e nos divertimos muito! Só achamos que faltou lugares com sombra, pois o sol naquele dia estava forte!

VINADA

A Vinada Cultural, realizada no Passeio Público, teve duas edições, a última em abril de 2014. Eu não ia ao Passeio há muitos anos e adorei voltar e encontrar tudo limpo e organizado, em uma festa muito animada!

FOTO 7

(Luana e eu na Vinada, no Passeio Público, ano passado)

Apesar do sucesso do evento que contou com 14 barracas tradicionais de cachorro- quente da capital- como o Dog do Japa, Josias Hot Dog, Senhor Garibaldi, Au-Au, Barraca do Nardo e Hot Dog Yracema- infelizmente não há nenhuma informação sobre a realização de uma nova edição.

GASTRONOMIA NO CENTRO CÍVICO

Em abril a Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico, recebeu a 2ª edição da feira Gastronomia no Palácio.

Além de barraquinhas, o evento teve espaço para os Food Trucks, moda que vem ganhando espaço em Curitiba.

Com o sucesso de todas essas feiras, espero que novas praças, parques e ruas passem a ser palco desses eventos, que são uma ótima oportunidade para ficar ao ar livre, conhecer restaurantes e passear com os amigos.

Tudo que o curitibano gosta!