Férias, que maravilha!

E no verão, melhor ainda!

Como recém separada, peguei meus três filhos, coloquei no carro com toda a bagagem a que tínhamos direito e lá fomos nós, rumo à praia.

Viajamos felizes, cantando e em cada curva que nos aproximava mais do nosso destino, brincávamos de “quem vê o mar primeiro”.

mar

Já sentia aquele cheiro de maresia, já saboreava o que estava para acontecer: muito peixe e camarão no cardápio.

Chegamos à casa que eu alugara por telefone: era bem boa, apesar de um pouco antiga, mas ficava no centro da cidade e bem perto do mar.

E assim começamos nossa tão sonhada temporada.

Os dias se sucediam em passeios, sorvetes, parquinho à noite, amigos e muita alegria.

Até que uma tarde choveu.

Chuva-forte_22

Forte, com direito a relâmpagos rasgando o céu e trovões assustadores.

Só a minha filha mais velha estava comigo em casa porque os outros tinham ido mais cedo à casa dos amigos.

Como o calor era muito forte, fui até a cozinha, descalça, e abri a geladeira para pegar água.

Fiquei grudada nela!

A geladeira em questão era daquelas bem antigas com puxador em aço.

Não conseguia me soltar, nem gritar, meu corpo todo tremia e eu senti que estava desfalecendo.

Foi uma questão de segundos e então fui jogada para longe.

Quando comecei a enxergar melhor, percebi minha filha abaixada ao meu lado.

Ela, com uma rapidez de raciocínio (só por Deus mesmo), tinha puxado o fio da tomada!

Mais tarde, quando fui ao médico e contei o sucedido, ele disse que eu já estava morrendo pelo fato do meu corpo nem ter controlado mais a bexiga.

Naquela noite enquanto dormia, senti alguma coisa bem perto do meu rosto e que me fez acordar: era a mãozinha do meu filho caçula, bem perto do meu nariz, para sentir se eu estava respirando…

Pobrezinhos, como ficaram assustados!

mãe e filhos

É por essa razão que em um poema que escrevi “Minha Filha, Minha Amiga”, do meu livro “Um Pouco de Mim”, digo: “se um dia te dei à luz, você também já me deu”.

Realmente, nasci de novo.

E da minha filha!

Imagens: 1) fundamar.org.br; 2) tempoagora.com.br; 3) colorirgratis.com

Do meu livro “Confidências ao Meio Dia”

“ASSIM QUE, SE ALGUÉM ESTÁ EM CRISTO, NOVA CRIATURA É: AS COISAS VELHAS JÁ PASSARAM, EIS QUE TUDO SE FEZ NOVO”. 2 Coríntios 5-17

4 comentários em “O DIA EM QUE QUASE MORRI

  1. Que benção Silvinha… graças a Deus só o susto mesmo… um privilégio conhecê-la minha flor!!! Deus continue te abençoando mais e mais… Um beijo e um forte abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s