PÃO CASEIRO DE LEITE

Uma tarde sozinha, sem poder sair, vontade de comer um pãozinho quente com manteiga e uma xícara de café… deu nisso!!!

Esses pãezinhos fáceis e super gostosos!

Eles ficam macios e pude congelar em pacotes para quando tiver vontade… só tirar!

INGREDIENTES

2 ovos e mais uma gema para pincelar o pão

2 copos de leite morno

50 gramas de fermento biológico

4 colheres (de sopa) de margarina

1 colher (de sopa) rasa de sal

2 colheres (de sopa) de açúcar

Farinha de trigo o suficiente para desgrudar a massa das mãos.

Em uma tigela grande coloque o leite morno e o fermento.

Acrescente a margarina, sal, açúcar e os ovos, mexendo bem até que fique bem misturado.

Vá acrescentando a farinha de trigo aos poucos  e misture com as mãos até que a massa solte das mãos.

Não precisa ficar sovando a massa!!!!!!!

Que maravilha!!!!!!

Faça bolinhas do tamanho que quiser e coloque em uma assadeira untada e enfarinhada, dando um espaço entre eles.

Deixe descansar por 20 minutos para crescer a massa.

Com a gema, passe delicadamente sobre todos eles e leve ao forno pré aquecido por mais ou menos 30 minutos.

Muito rápido de fazer e realmente fica bom demais da conta!!!

“AGORA, TAMBÉM, QUANDO ESTOU VELHO E DE CABELOS BRANCOS, NÃO ME DESAMPARES, Ó DEUS, ATÉ QUE TENHA ANUNCIADO A TUA FORÇA A ESTA GERAÇÃO, E O TEU PODER A TODOS OS VINDOUROS.” Salmos, 71- 18

MOLHO DE TOMATE ESPECIAL

Ah, como usamos um molho de tomate em nossa culinária: desde pizzas, caldos, massas, frango de panela, e muito, muito mais!

Essa receita que vou passar aqui, achei sensacional e por isso, reparto com vocês.

INGREDIENTES

1 lata de tomate pelado

azeite

1 cebola

manjericão

1 colher (de sopa) de manteiga

sal, pimenta do reino

Bata em liquidificador o conteúdo da lata de tomate pelado e reserve.

Numa panela coloque umas três colheres de azeite e coloque algumas folhas de manjericão e a cebola cortada ao meio.

Isso é para que soltem todo o perfume nesse azeite.

Junte o tomate batido, coloque o sal e pimenta à gosto e deixe ferver.

Retire a cebola e o manjericão e desligue o fogo.

Aí sim, junte a manteiga e mexa bem.

Fica delicioso e usei metade para uma pizza caseira e congelei a outra metade em um copo plástico bem fechado para usar em uma próxima vez.

Muito prático!!!

“NÃO ERREIS: DEUS NÃO SE DEIXA ESCARNECER; PORQUE TUDO O QUE O HOMEM SEMEAR, ISSO TAMBÉM CEIFARÁ.” Gálatas, 6- 7

 

SOBREMESA DE LEITE EM PÓ

Ah, vontade de comer doce!

Sim, sou uma formiga ambulante…acho que puxei a meu pai: ele era magro, mas comia muito doce e quando não encontrava nada, ia até o açucareiro, enchia uma colher e ia direto para a boca…

Pois é.

Então vamos a mais uma receita fácil, que não vai ao fogo e que fica deliciosa de verdade!!!

INGREDIENTES

200 ml de manteiga

1 lata de leite condensado

2 caixinhas de creme de leite

200 gramas de leite em pó

1 colher (chá) de emulsificante

Cobertura:

250 gramas de chocolate 

1 caixinha de creme de leite

Bata o leite condensado com a manteiga até ficar um creme.

Acrescente o leite em pó e continue batendo.

Depois o creme de leite, bata e por último o emulsificante.

Bata por mais 4 minutos.

Fica um creme liso, firme!

Coloque em um pirex bem bonito e leve à geladeira enquanto faz a ganache.

Derreta o chocolate e misture o creme de leite.

Com cuidado, coloque sobre o creme.

Eu coloquei em potinhos descartáveis e levei ao congelador para quando tiver vontade… comer!

Realmente, fica uma gostosura!!!

“TEM MISERICÓRDIA DE MIM, Ó SENHOR, POIS A TI CLAMO TODO O DIA. ALEGRA A ALMA DO TEU SERVO, POIS A TI, SENHOR, LEVANTO A MINHA ALMA.” Salmos, 86- 3 e 4

 

PURÊ DE BATATA DOCE

A batata doce é um dos tubérculos mais consumidos no Brasil. O alimento é uma fonte de carboidrato muito saudável, é benéfica para a dieta, por isso bem consumida por quem quer emagrecer.

E esse purê feito com ela, acompanha bem todos os tipos de carne assada ou com um ragu de carne e que foi o que fiz.

INGREDIENTES

2 batatas doces

1/2 caixinha de creme de leite

1/3 de xícara de leite

1 colher (sopa de manteiga)

Descasque e corte as batatas e leve para cozinhar com um pouquinho de sal até ficarem macias.

Retire e ainda quente, amasse com um garfo.

Na mesma panela onde cozinhou, coloque as batatas amassadas e a manteiga, depois o leite e mexa bem.

Junte o creme de leite e mexa até começar a ver o fundo da panela.

Retire e coloque em um prato.

Nesse dia fiz um ragu de carne e coloquei por cima.

Ficou uma combinação perfeita!!!

“MELHOR É A SABEDORIA DO QUE AS ARMAS DE GUERRA, MAS UM SÓ PECADOR DESTRÓI MUITOS BENS”. Eclesiastes, 9- 18

RISOTO À LA PIEMONTESE

O piemontês foi a primeira língua dos emigrantes que deixaram o Piemonte, no período 1850-1950, para França, Brasil, Argentina, Uruguai e Estados Unidos. 

Arroz à Piamontese é um prato típico da culinária brasileira (não da culinária do Piemonte, na Itália), à base de arroz, creme de leite e champignon.

 A despeito de sua origem, é um acompanhamento geralmente servido em restaurantes de cozinha italiana, acompanhando um filé juntamente com batatas fritas. (Wikipédia)

INGREDIENTES

2 tabletes de caldo de legumes

4 colheres (sopa) de manteiga

150 gramas de presunto (cortado em cubos)

1 cebola picada

1 e 1/2 xícara de arroz arbóreo

1 xícara de vinho branco seco

1 xícara de champignons fatiado

1 cx de creme de leite

1/2 xícara de queijo parmesão ralado

Aqui em receitas já coloquei duas de como fazer os: Risoto de Abobrinha e Risoto de Camarão, é só clicar em cima e ver como se faz.

Em uma panela ferva 1 litro de água e dissolva os tabletes do caldo de legumes.

Em outra panela, derreta a manteiga e refogue a cebola e depois o presunto.

Adicione o arroz e o vinho.

Mexa até que o vinho tenha sido absorvido.

Vá juntando aos poucos o caldo e mexendo até que o arroz esteja ao dente.

Coloque os champignons, creme de leite e metade do queijo.

Retire e sirva a seguir polvilhado com o restante do queijo.

Sem palavras!!!

“O SENHOR JÁ OUVIU A MINHA SÚPLICA; O SENHOR ACEITARÁ A MINHA ORAÇÃO.”Salmos 6-9

 

 

COGUMELO PARA APERITIVO

Simples, delicados e muito poderosos! Os cogumelos são alimentos versáteis , funcionais e que podem harmonizar com as mais diversas receitas do dia a dia. Em seus mais inúmeros tipos (que se diferenciam por formatos, tamanhos, cores, sabores e aromas) eles também se destacam pelos benefícios que trazem à saúde.

(Esse é o cogumelo usado para essa receita)

Chamados de “fungos do bem”, por serem integrantes do Reino Fungi, os cogumelos possuem formas bem características: uma cabeça grande, que lembra o formato de um chapéu, mantido por um tronco fino. Eles podem variar sendo comestíveis, alucinógenos e venenosos, por isso, é de suma importância que seja adquirido em estabelecimentos, em feiras, mercados ou hortifruits, e não colhidos deliberadamente.

(conquistesuavida.com.br)

São 6 os tipos de cogumelos comestíveis: Paris, Shitake, Shimeji, Portobello, Porcini e Trufas.

Meu filho, Paulo Emílio, foi quem comprou esses cogumelos e fez essa receita.

Pois é, nem só de carne ele vive… (Leia-se Maria Macia)!

Eu, rapidamente, fui fotografando e anotando para postar mais essa delícia tão gostosa e tão fácil de fazer.

Primeiro ele tirou o cabinho (o tronco) e colocou em uma assadeira forrada com papel alumínio.

Cortou pedacinhos de manteiga bem gelada e colocou em cima.

Esse é o queijo cremoso que ele usou, mas pode ser outro à gosto.

Foi colocando generosamente por cima da manteiga.

Esse é o presunto que ele usou, mas da mesma forma, pode ser usado um outro tipo.

Como ele gosta muito de cebolinha verde, salpicou um punhadinho por cima, o que deu um gosto a mais.

Aí foi só levar ao forno já aquecido(180º), por trinta minutos e pronto!

Ficou maravilhoso!

E super nutritivo, pois são chamados de “Fungos do bem”!

“FILHO MEU, NÃO TE ESQUEÇAS DA MINHA LEI, E O TEU CORAÇÃO GUARDE OS MEUS MANDAMENTOS.” Provérbios, 3- 1

 

CREME DE MILHO

Penso que todos já fizeram um creme de milho, mas essa receita é a que mais eu faço e como fica tão boa, deixo aqui para vocês, caso queiram experimentar.

1 lata de milho verde

a mesma medida de leite

1 colher (sopa) de manteiga

1 cebola 

1 dente de alho

1 colher (sopa) rasa de farinha de trigo

1 caixinha de creme de leite

Primeiro bata em liquidificador o milho verde com o leite e reserve.

Doure na manteiga a cebola bem picadinha e o alho espremido.

Junte a farinha de trigo e deixe dourar.

Acrescente a mistura do liquidificador e tempere com sal e pimenta do reino.

Vá mexendo até ferver bem.

Junte o creme de leite, mexa, retire e coloque em um pirex.

Sirva com arroz branco e uma carne assada.

Delicioso sempre!!!

“PORVENTURA, NÃO CONHECERÁ DEUS ISSO? POIS ELE SABE OS SEGREDOS DO CORAÇÃO.” Salmos, 44- 21

 

PÃO DE ABÓBORA

Essa receita fiz em uma máquina de pão, mas você pode fazer manualmente que dá certinho também.

Primeiro, começamos pela abóbora que deve ser a  abóbora japonesa ou cabotiá como é mais conhecida.

Descasque, corte em pedaços e leve para cozinhar.

Escorra bem e amasse com um garfo.

Agora, os ingredientes.

1 copo de abóbora (cozida e amassada)

1 ovo

1 colher (sopa) de manteiga

2 colheres (sopa) de açúcar

1 colher (chá) de sal

3 copos de farinha de trigo

1 colher (chá) de melhorador

2 colheres (chá) de fermento seco

Adicionar nessa ordem acima todos os ingredientes na forma da máquina.

Em 3 horas você terá seu pão prontinho.

Se optar por fazer manualmente, coloque o fermento com o açúcar e um pouco de leite morno para dar uma leve crescida e junte aos outros ingredientes na bacia.

Amasse bem e deixe crescer na bacia coberta por mais ou menos 1 hora.

Retire e amasse novamente, colocando em uma forma para pão, deixando crescer novamente por mais ou menos 1 hora.

Leve para assar por mais ou menos 40 minutos.

Vejam a cor que fica!

E sintam a gostosura que fica com uma manteiga derretendo por cima!!!

Ah, e não esqueça do café!!!!

“PORQUE O PECADO NÃO TERÁ DOMÍNIO SOBRE VÓS, POIS NÃO ESTAIS DEBAIXO DA LEI, MAS DEBAIXO DA GRAÇA.” Romanos, 6- 14

 

 

 

BOLO NINHO

Sempre que preparo uma receita nova, tenho o cuidado de fazer exatamente como manda. E foi assim que mesmo achando que não daria muito certo essa massa, fiz como mandava. Não gostei! Mas já modifiquei seu preparo e agora sim, podem fazer sem medo de errar!

INGREDIENTES

4 ovos (separados)

1 xícara de açúcar

1 xícara de leite em pó

2 xícaras de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento

Bata as claras em neve, junte o açúcar sempre batendo e depois as gemas continuando a bater até ficar uma massa cremosa.

Junte o leite em pó e a farinha batendo rapidamente.

Retire e por último acrescente o fermento, mexendo levemente.

Leve assar em forma untada, forno 180º por mais ou menos 25 minutos.

RECHEIO E COBERTURA

1 lata de leite condensado

100 gramas de manteiga

1 caixinha de creme de leite

1/2 xícara de leite em pó

Bata em batedeira o leite condensado e manteiga até ficar um creme.

Junte o leite em pó e o creme de leite e misture.

Se ficar meio mole, leve ao congelador antes de usar.

Corte o bolo ao meio.

Recheie e cubra com o creme.

Esse bolo tem que ser colocado em geladeira por causa do creme que derrete rápido.

Delicioso!!!!!!!!

“E SERÁ QUE, ANTES QUE CLAMEM, EU RESPONDEREI; ESTANDO ELES AINDA FALANDO, EU OS OUVIREI.” Isaías, 65- 24

 

MOLHO GORGONZOLA

“O gorgonzola é um desses queijos dos quais não existe muito meio termo: é 8 ou 80; as pessoas amam ou odeiam – e é bom lembrar que as pessoas mais amam do que odeiam, uma vez que na Itália, seu país de origem, ele é o terceiro tipo de queijo mais consumido. Tem cheiro forte, gosto forte e muita gente torce o nariz para o seu “mofo”, sem saber que é justamente seu processo com fungos que o torna tão especial.” Blog Laticínios São Vicente.

INGREDIENTES

1 fatia de queijo gorgonzola

1 lata de tomate pelado (ou molho de tomate)

200 gramas de manteiga sem sal

1 tablete de caldo de carne

1 pote de nata

Amasse o queijo e leve ao fogo em uma panela com a manteiga até derreter.

Derreta o caldo de carne em um pouco de água quente.

Junte ao molho na panela.

Junte a nata e misture bem.

Eu servi esse molho com o macarrão conchiglione.

Nesse mesmo dia, servi o “Frango Assado no Sal Grosso”!

Não dá para descrever o que é esse molho: é de comer de joelhos!!!

“O TEMOR DO SENHOR É O PRINCÍPIO DA SABEDORIA; BOM ENTENDIMENTO TEM TODOS OS QUE LHE OBEDECEM; O SEU LOUVOR PERMANECE PARA SEMPRE.” Salmos, 111- 10