TORTA DA NONNA

Fiz essa torta exatamente como a receita, mas de uma próxima vez, farei com minha massa podre que dá menos trabalho e fica tão boa quanto.

INGREDIENTES

Massa (Pâte Sablée)

“A Pâte Sablée é uma massa para torta mais arenosa, que desmancha na boca, mas não chega a ser uma massa podre. Ela é uma massa quebradiça por causa da manteiga que deve ser incorporada na massa em temperatura ambiente, o que impermeabiliza a farinha, deixando a massa com essa característica.” Danielle Noce

Massa

150 gramas de manteiga gelada e em cubos

225 gramas ou 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo

2 colheres (sopa) de água

Recheio

2 latas de leite condensado

150 gramas de castanhas do pará

Comece pela massa.

Em uma tigela junte a manteiga gelada com a farinha de trigo.

Com a ponta dos dedos, misture grosseiramente formando uma “areia molhada”; procure não manusear muito a massa para não aquecer a manteiga. Dessa forma a massa fica mais crocante.

Acrescente a água gelada até obter uma massa compacta, lembrando que tanto a manteiga quanto a água devem estar bem geladas.

Vá juntando pedacinhos da massa até forrar o fundo e laterais de uma forma com fundo removível.
Leve ao freezer por 15 minutos.

Enquanto isso, aqueça o forno a 180º e pique as castanhas.

Com a massa já geladinha, coloque o leite condensado sobre ela ainda crua.

Espalhe as castanhas por cima.

OBSERVAÇÃO: se você olhar com atenção na foto acima, vai notar que a massa que fiz não deu o suficiente para cobrir a lateral da forma… por isso o melhor mesmo é fazer a tradicional como a que coloquei aqui na receita de Empadão de Massa Podre, claro que não colocando sal e nem o açúcar, visto que o leite condensado vai adoçar bem.

O resultado é uma torta requintada, muito saborosa e facílima de fazer!

“PORQUE AQUILO QUE ESTÁ DETERMINADO SERÁ FEITO.” Daniel, 11- 36

BOLO MIX

image

Gente vocês não imaginam como esse bolo pode ser tão bom!!!

Na semana do Natal eu fiz para esperar eventuais visitas e foi um sucesso!!!

Então, vamos a receita!

image

INGREDIENTES

4 ovos

2 xícaras de farinha de trigo

1 xícara de açúcar para a massa

1/2 xícara de açúcar para o mix

3 colheres (sopa) de manteiga

1 colher (sopa) de canela em pó

1/2 xícara de leite

1/2 xícara de água

1 colher (sopa) de fermento

2 maçãs picadas em fatias

300 gramas de mix (castanhas, nozes, amêndoas, passas, amendoim)

Em uma assadeira redonda, untada e enfarinhada, espalhe o mix e o açúcar.

image

image

Disponha as maçãs de forma que cubra o mix e o açúcar.

image

Em uma batedeira bata a manteiga, açúcar e ovos. Acrescente o trigo, a canela, o leite, água e por último o fermento.

image

Despeje a massa na forma e leve ao forno médio, já aquecido, por mais ou menos 40 minutos.

image

Desenforme ainda bem quente! Essa dica é válida porque a medida que esfria, o mix gruda na forma e aí não sai mais. Então: tire do forno e já desenforme!!!

image

Salpique açúcar sobre ele.

image

Não lembro onde encontrei a receita desse bolo, mas valeu porque se tornou um dos meus preferidos: o mix fica caramelado!!!

“BUSCAI O BEM E NÃO O MAL, PARA QUE VIVAIS; E ASSIM O SENHOR, O DEUS DOS EXÉRCITOS, ESTARÁ CONVOSCO, COMO DIZEIS.” Amós, 5- 14

PAVÊ DE DAMASCO E CASTANHAS

Os pavês tem uma multiplicidade de sabores e aqui já postei alguns: Pavê de Pêssegos Diferente, Pavê de Nata e Pavê de Creme e Chocolate.

Essa é uma receita mais sofisticada bem própria para as festividades do Natal que se aproxima.

Acabei fazendo como sobremesa em um jantarzinho em minha casa na semana passada, com as amigas Maria Teresa, Tita e Rose.

image

Bem, vamos aos 

INGREDIENTES

image

bolacha champagne

200 gramas de damasco picado

100 gramas de castanhas do pará

1 lata de leite condensado

a mesma medida de leite

2 gemas

1 colher (sopa) de maisena

1 pote de nata

2 colheres (sopa) de açúcar

2 claras

Primeiro cozinhe o damasco em um pouco de água com 3 colheres (sopa) de açúcar, retire, pique em pedaços e reserve.

Umedeça as bolachas na calda em que foi cozido o damasco e coloque em taças ou em um pirex.

image

Faça o creme com os leites, gemas e maisena e coloque por cima das bolachas.

image

Por cima desse creme, coloque o damasco picado.

image

Em cima salpique as castanhas picadinhas.

image

Bata as claras em neve, junte o açúcar sempre batendo. Depois junte a nata e bata até ficar bem firme.

image

Decore como gostar e leve a geladeira.

image

Eu fiz em taças individuais, mas se preferir prepare em um pirex alternando as camadas.

image

As “meninas” aprovaram!!!

“SE DEUS É POR NÓS, QUEM SERÁ CONTRA NÓS?” Romanos, 8- 31

BOLO DE BANANA DE LIQUIDIFICADOR

Faz muito tempo que comi esse bolo e quem fez foi a Fátima Wolf que gentilmente levou para comermos em uma tarde na sua joalheria.

Achei maravilhoso, copiei a receita e…guardei!

Nunca fiz!

Aí, procurando em meus guardados alguma receita fácil (que é o que mais me pedem), achei o papel e veio na mesma hora a lembrança do gosto desse bolo.

A castanha dá um toque todo especial nele!

Ah, e como eu estava começando a arrumar minha casa para o Natal, já usei um prato de bolo de Papai Noel…

bolo de banana 002

 

INGREDIENTES

3 ovos

5 bananas (maduras)

2 xícaras de açúcar

3/4 de xícara de óleo

2 xícaras de farinha de rosca

1 colher (sobremesa) de fermento em pó

1 colher (chá) de canela em pó

1 xícara de castanha do pará (cortada em pedacinhos)

Coloque os ovos no liquidificador e dá uma leve batida.

Depois coloque o óleo e as bananas.

Bata um pouco novamente.

Aí acrescente o açúcar, farinha e canela.

Bata bem.

Coloque em uma tigela e junte as castanhas e o fermento.

Leve para assar em forma untada, em forno médio por mais ou menos 40 minutos.

Joguei um pouquinho de açúcar sobre ele.

bolo de banana 005