TORTA DE ABOBRINHA

Gente, que delícia essa torta!

Gosto muito de abobrinha e já coloquei aqui outras receitas com ela, como: Torta de abobrinhas, cenouras e cogumelos e Risoto de abobrinha.

Fácil e muito simples, vamos aos Ingredientes do Recheio:

E os Ingredientes da Massa:

Recheio:

150 g de cream cheese

100 g de queijo parmesão ralado

1 cebola picada

sal e pimenta do reino à gosto

2 colheres (sopa) de óleo

2 colheres (sopa) de cheiro verde picados

2 tomates sem sementes picados

2 abobrinhas pequenas cortadas em cubos pequenos

Massa:

2 ovos

1 xícara (chá) de leite

2 xícaras (chá) de farinha de trigo

1 colher (chá) de sal

1 colher (sopa) de fermento em pó

1/2 xícara (chá) de óleo

Em uma panela refogue a cebola, o tomate e a abobrinha no óleo até que a abobrinha fique macia (se necessário, adicione um pouco de água).

Com o fogo desligado, misture o cream cheese, o queijo parmesão ralado, o cheiro verde, sal e pimenta. Reserve.

No liquidificador, bata o óleo, o leite, os ovos, a farinha de trigo, sal e fermento. (Eu preferi bater na bateira).

Em uma tigela, misture o recheio e a massa.

Asse em forno pré aquecido, em temperatura média por mais ou menos 40 minutos.

Eu preferi assar em formas de alumínio descartáveis.

Observação: cuidado ao colocar o sal porque geralmente o queijo parmesão já tem bastante sal.

Esta é uma receita prática que combina com o almoço, com o jantar e com o lanche da tarde.

“AS BENIGNIDADES DO SENHOR CANTAREI PERPETUAMENTE; COM A MINHA BOCA MANIFESTAREI A TUA FIDELIDADE DE GERAÇÃO EM GERAÇÃO.” Salmos, 89- 1

TEMPURA DE LEGUMES

UAU!!!

Quando pesquisei sobre a origem do Tempura, quase nem acreditei, porque achava ser originário do Japão ou da China. 

Qual não foi minha surpresa ao saber que ele é Português!

Isso mesmo!!!

“A receita do tempura (aqui no Brasil falamos tempurá) foi introduzida no Japão por missionários portugueses ativos particularmente na cidade de Nagasaki fundada igualmente por portugueses, durante o século XVI.” (Wikipédia)

E foi assim que depois de receber a receita pelo whatzap da minha irmã Raquel, fiz e matei minha vontade de comer essa delícia!

Então, vamos lá!

INGREDIENTES

1 xícara de água gelada

1 xícara de farinha de trigo

2 colheres (sobremesa) de vinagre

1 colher (café) de fermento

Legumes de sua preferência (eu coloquei cenoura, pimentão, abobrinha e couve flor).

Primeiro dei uma leve cozida na couve flor e piquei fininho todos os ingredientes.

Temperei com sal e aji no moto e reservei.

Mistura todos os ingredientes da massa e coloque a água bem gelada!!!

Misture bem e deixe a massa tipo massa de panqueca (não fica grossa).

Junte os legumes cortadinhos.

Em uma frigideira funda, coloque bastante óleo e deixa esquentar bem.

Vá colocando às colheradas para fritar.

Retire e coloque em papel toalha.

Eles ficam sequinhos e crocantes!!!

 

Obrigada, mana Raquel por essa receita que eu amei!!!

“ENSINA-ME, SENHOR, O TEU CAMINHO, E ANDAREI NA TUA VERDADE; UNE O MEU CORAÇÃO AO TEMOR DO TEU NOME.” Salmos, 86- 11

 

 

ARROZ FRITO

Estava eu dando uma procurada por algum programa melhor na TV, quando me interessei por uma receita que a Rita Lobo estava ensinando.

Todos os ingredientes eu tinha em casa, então resolvi preparar.

Gente, que surpresa boa: ficou maravilhoso!!!

Então se você tiver uma sobra de arroz cozido,comece a fazer.

Cenoura e abobrinha também quase sempre temos na geladeira.

Mãos à obra!

Essa receita dá para uma pessoa, OK?

Primeiro pegue meia cenoura e rale no lado grosso do ralador.

Faça o mesmo com metade de uma abobrinha.

Você vai precisar de azeite, sal, um dente de alho e pimenta do reino.

Coloque três colheres (de sopa) de azeite em uma frigideira e depois junte a cenoura e abobrinha.

Rale o alho e jogue por cima para perfumar, depois o sal e pimenta do reino.

Refogue rapidamente e junte uma xícara de arroz cozido.

Misture e vá mexendo.

O segredo é esse: ir fritando por mais ou menos 10 minutos, sempre mexendo.

O arroz vai ficando escuro e crocante e é assim mesmo que tem que ficar.

Nem dá para acreditar no sabor delicioso!

Ele sozinho já é uma refeição completa, mas você pode ousar com o acompanhamento de uma carne ou frango.

“NÃO FALES AOS OUVIDOS DO TOLO, PORQUE DESPREZARÁ A SABEDORIA DAS TUAS PALAVRAS.” Provérbios, 23- 9

 

TORTA DE ABOBRINHA, CENOURA E COGUMELOS

Esse prato é uma gostosura além de nutritivo!

Vi essa receita no “Cozinha da Maria”e tinha certeza que iria gostar; e foi o que aconteceu: já fiz muitas vezes! Então, mãos à obra!

1 abobrinha grande

1 cenoura média

shitake

1/2 cebola

3 ovos

100 gramas de queijo parmesão ralado

sal, pimenta do reino

2 colheres (sopa) de azeite

Se for usar shitake desidratado, deixe de molho em água quente por 30 minutos e depois escorra bem.

Corte a abobrinha em fatias finas e rale a cenoura. Pique a cebola.

Em uma panela, coloque o azeite e frite a cebola até ficar transparente.

Acrescente os cogumelos, abobrinha e cenoura e deixe refogar por uns três minutos. Reserve.

Em uma vasilha grande, coloque os ovos e bata como para omelete, junte o queijo ralado (deixe um pouco para polvilhar) e os temperos.

Misture bem e junte o refogado tornando a misturar bem.

Coloque em um pirex untado com bastante manteiga e salpique o queijo ralado por cima.

Leve ao forno pré aquecido a 200º por cerca de 30 minutos.

Bom apetite!!!

“PORQUE DEUS AMOU O MUNDO DE TAL MANEIRA QUE DEU O SEU FILHO UNIGÊNITO, PARA TODO AQUELE QUE NELE CRÊ NÃO PEREÇA, MAS TENHA A VIDA ETERNA.” João, 3- 16