Esse blog está realmente muito chique: e não é que temos agora uma correspondente internacional, diretamente da Cidade do Cabo, África do Sul?

E é dela que vem mais histórias para nos deixar com aquele gostinho de (quem sabe?) um dia irmos até lá.

“Entre o mar e as montanhas

Uma das coisas que mais gosto em Cape Town é que não preciso escolher entre o mar e a montanha, já que aqui os dois convivem pacificamente, e proporcionam lindas paisagens diariamente.

FOTO 1

( Table Mountain vista de Waterfront)

A montanha mais famosa daqui é a Table Montain, eleita uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo. E não é pra menos que ela recebeu esse título. Lá de cima você tem a vista de praticamente toda a cidade, e o azul do céu e do mar se confundem.
Seu pico atinge 1.085 metros, e para chegar lá em cima você tem a opção de trilhas e do aerial cableway.

Obviamente que eu escolhi a segunda opção! O teleférico foi inaugurado em 1929, e o chão gira 360 graus enquanto sobe ou desce, para que todos os passageiros possam ter uma visão completa do passeio. O preço (subida e descida) é de 240 rands, cerca de R$ 67,00.

FOTO 2

( Foto tirada do topo da Table Mountain. Abaixo, Cape Town)

Além da vista espetacular, no topo da montanha tem um café, uma loja de souvenirs e banheiros. Super recomendo esse passeio, e minha dica é: no verão ou no inverno, leve um casaco, porque venta muito lá em cima!

FOTO 3

( Euzinha curtindo a vista maravilhosa da Table Mountain, uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo)

Outra montanha famosa é a Lion’s Head, a segunda maior montanha de Cape Town, e fica ao lado da Table Mountain. Como não tem teleférico, você só consegue chegar ao topo após cerca de 1h30 de caminhada.

Por esse ‘pequeno’ motivo ainda não me animei de ir até lá. Mas quem foi garante que a vista é linda!

FOTO 4

(Isso foi o mais perto que cheguei da Lion’s Head até agora – foto tirada da Signal Hill)

Signal Hill fica próxima às duas primeiras, e sua principal vantagem é que dá para ir de carro. Lá em cima, do mirante, é possível ver o centro da cidade e os bairros de Green Point e Sea Point de um lado, e a Table Mountain do outro.

FOTO 5

(Abaixo a vista de Sea Point, bairro onde eu moro)

FOTO 6

(Eu na Signal Hill, de frente para a Table Mountain)

Quanto às praias, já contei aqui sobre Muizenberg, aquela das casinhas coloridas.

Mas é claro que além dela tem muitas outras, que vou mostrar nos próximos posts. Mas a minha preferida é, sem dúvida, Sea Point. Não só porque é onde eu moro, mas porque o por do sol visto do calçadão é realmente um presente de Deus.

FOTO 7

(Por do sol em Sea Point)

E o mais incrível é que vejo essa paisagem todos os dias, inclusive da janela do meu quarto, e não consigo me cansar.

Todos os dias eu vou até a praia, nem que seja por alguns minutos, só para ver essa maravilha e agradecer a Deus por esse privilégio!”

FOTO 8

(Gratidão!)

(Uma dica: as fotos estão tão lindas que vale a pena você clicar em cima para ver em tamanho grande!)

“OS CÉUS MANIFESTAM A GLÓRIA DE DEUS E O FIRMAMENTO ANUNCIA A OBRA DAS SUAS MÃOS.” Salmos 19- 1

Um comentário em “ENTRE O MAR E AS MONTANHAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s