Essa semana vi uma foto no face book que me chamou atenção,  justamente por ter conversado sobre isso recentemente.

piano

Minha filha Viviane que, como já contei anteriormente em vários textos (o último em 16-10 em “Dia Mundial da Alimentação“) que mora em Luanda, Angola, me contou sobre uma criança de lá  que escreveu um poema sobre o racismo.

Fiquei muito impressionada e segue abaixo para lerem.

QUANDO EU NASCI, ERA PRETO;

QUANDO CRESCI, ERA PRETO;

QUANDO PEGO SOL, FICO PRETO;

QUANDO SINTO FRIO, CONTINUO PRETO;

QUANDO ESTOU ASSUSTADO, TAMBÉM FICO PRETO,

E, QUANDO EU MORRER, CONTINUAREI PRETO!

—–

E VOCÊ, CARA BRANCO

QUANDO NASCE, VOCÊ É ROSA;

QUANDO CRESCE, VOCÊ É BRANCO;

QUANDO VOCÊ PEGA SOL, FICA VERMELHO;

QUANDO SENTE FRIO, VOCÊ FICA ROXO;

QUANDO VOCÊ SE ASSUSTA FICA AMARELO;

QUANDO ESTÁ DOENTE, FICA VERDE;

QUANDO VOCÊ MORRER, VOCÊ FICARÁ CINZENTO.

—–

E VOCÊ VEM ME CHAMAR DE HOMEM DE COR?

Angola

(Minha neta Isadora brincando com as crianças em uma praia de Luanda)

Imagino o que essa criança passou para escrever palavras tão duras! 

“O racismo é a tendência do pensamento, ou o modo de pensar, em que se dá grande importância à noção da existência de raças humanas distintas e superiores umas às outras, normalmente relacionando características físicas hereditárias a determinados traços de caráter e inteligência ou manifestações culturais. Essa separação ou distância social e física é oriunda de fatores biológicos e sociais: raça, riqueza, educação, religião, profissão, nacionalidade.” (Wikipédia)

Essas fotos foram tiradas agora no começo do mês e me enviadas.

Não é fantástico como as crianças brincam, sorriem e interagem sem qualquer sombra de diferenças entre si?

Angola 2

Tomara possamos transmitir conceitos bons, de harmonia, paz, respeito aos nossos filhos e netos!

E, como um dia falou Bob Marley: “enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra”.

Não podemos e nem devemos deixar isso acontecer, portanto, reflitam sobre isso!

 

 

12 comentários em “PARA REFLETIR

  1. É incrçivel a rápida e plena a interação entre crianças. Elas não veem nem sentem as diferenças entre si. Isso explica que só sendo crianças é que somos puros. Muito linda foto, no mais amplo sentido .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s