DOCE DE MAMÃO VERDE

Seguindo com meus experimentos dos produtos da Doniro Frut, fiz o doce de mamão pela primeira vez.

Lembrei muito da minha mãe porque ela fazia muito esse doce, só que era muito trabalhoso: pegar o mamão, lavar, ralar… e nunca mais eu tinha comido…

Vejam como agora é fácil!

Primeiro retire o conteúdo do pacote e deixe escorrer todo o líquido.

Coloque em uma vasilha com água e deixe por duas horas.

Repita o mesmo procedimento: escorra a água, acrescente uma água limpa e deixe de molho mais duas horas.

Coloque para cozinhar em água fervente por 15 minutos.

Retire e jogue a água fora.

Junte 750 gramas de  açúcar cristal, alguns cravos e canela em pau (se gostar).

Leve ao fogo baixo por 10 minutos e coloque água conforme gostar da consistência da calda (eu coloquei 1 copo porque o mamão já está bem molhado).

Deixe esfriar e sirva.

Observação: minha mãe quando preparava esse doce, não colocava nem cravo e nem canela e sim uma folha de figo que dava um gostinho todo especial. Como eu não consegui a folha de figo, coloquei os outros dois.

Gente, esse doce geladinho com uma fatia de queijo branco de minas, fica maravilhoso!!!

“TU TE APROXIMASTE NO DIA EM QUE TE INVOQUEI; DISSESTE: NÃO TEMAS.” Lamentações, 3- 57

 

 

FIGO EM CALDA

Como eu amo essas modernidades!

Encontrei no Super Mercado, meio por acaso, essa maravilha que não pude deixar de comprar.

Rico em fibras alimentares, vitaminas e minerais, o figo possui um sabor adocicado e uma textura lisa e crocante, devido a presença de suas sementes. Por causa disso, ele é muito consumido em doces caseiros e compotas, entretanto, também é uma fruta deliciosa quando apreciada em sua forma natural ou, até mesmo, seca.

Olha só: lindos e limpos!

Então começou o meu “trabalho”…

Primeiro, escorrer a água do pacote.

Em seguida, cortar a parte de baixo em cruz.

Isso se faz para a calda entrar dentro do fruto e dar sabor.

Aí então, deixe de molho em água fria por uma hora.

Passado esse tempo, escorra a água e coloque os figos em uma panela com água que cubra todos os frutos e deixe cozinhar por vinte minutos.

Escorra a água.

Volte novamente ao fogo com água cobrindo tudo e adicione 800 gramas de açúcar cristal,canela em pau e cravo à vontade.

Cozinhe em fogo baixo até engrossar a calda (mais ou menos uma hora).

O doce está pronto e para o sabor ficar melhor ainda, deverá ser servido após 24 horas.

Uma delícia para ser servido com um queijo branco ou creme de leite.

Coloquei em vidros e deixei na geladeira para servir bem gelado.

” DEUS É O QUE ME CINGE DE FORÇA E APERFEIÇOA O MEU CAMINHO.” Salmos, 18- 32