Depois de 10 semanas postando vídeos de receitas, hoje coloco essa poesia que fiz e que serve para amenizar um pouco nossa atual situação, tentando deixar mais leve o momento.

(E assim estamos nós…)

(Imagem: drogariaspacheco.com.br)

MÁSCARAS

Ando vendo tantas

e até eu uso uma.

Tem de grife, de luxo,

de lixo e papel;

Tem de pano, colorida

e até azul pastel.

———-

Vejo cobrindo o rosto,

mas de fora o nariz.

Outras no queixo,

coitadas,

sem serventia prá nada,

debalde, como se diz.

———-

Mascarado, antigamente,

era alguém dissimulado.

Agora vejo tantos

que nem mais

ao certo sei…

Melhor é ficar calado.

———-

Pudera o vírus tá aí!

E eu o quero bem longe!

Nem posso passar meu batom

que agora aposentado

na gaveta continua

cuidadosamente guardado.

———-

Vamos deixar os olhos

sorrindo e bem maquiados.

São eles que agora aparecem

sob a máscara no rosto,

na espera que a covid

depressa perca seu posto!



“NUNCA MAIS TERÃO FOME, NUNCA MAIS TERÃO SEDE; NEM SOL NEM CALMA ALGUMA CAIRÁ SOBRE ELES, PORQUE O CORDEIRO QUE ESTÁ NO MEIO DO TRONO OS APASCENTARÁ E LHES SERVIRÁ DE GUIA PARA AS FONTES DAS ÁGUAS DA VIDA; E DEUS LIMPARÁ DE SEUS OLHOS TODA LÁGRIMA.” Apocalipse, 7- 16 e 17.

2 comentários em “MÁSCARAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s