BOLO DA MÍRIAN

No último fim de semana estive em um encontro de Academias de Letras em Londrina e fiquei hospedada no Hotel Sumatra.

Foi no café da manhã que conheci a Mirian, que trabalha lá fazendo essa e outras delícias que provei.

Pedi a receita e ela gentilmente enviou por whatsapp e, naturalmente fiz e coloco aqui para vocês poderem fazer e comprovar a gostosura desse bolo!

INGREDIENTES

3 xícaras de banana amassada

2 xícaras de açúcar

1 xícara de óleo

3 xícaras de farinha de trigo

1/2 xícara de passas

1/2 xícara de nozes

3 ovos

1 colher (sopa) de fermento

1 colher (sopa) de bicarbonato

2 colheres (sopa) de canela em pó

Primeiro amasse as bananas e coloque em uma tigela.

Coloque em ordem os ingredientes e misture bem.

NÃO bater na batedeira!

Leve para assar em forma untada e enfarinhada a 180º (forno pré aquecido) por mais ou menos 40 minutos. 

Enquanto isso, prepare a ganache.

200 gramas de chocolate ao leite

1 caixa de creme de leite

Leve ao micro-ondas até derreter o chocolate e mexa com cuidado.

O bolo está pronto e agora é só cobrir.

Observação: para esse bolo fiz metade da receita acima e não coloquei passas e sim 1 xícara de nozes.

Obrigada, Mírian, pela receita que deu tão certo e que ficará como uma das minhas favoritas!

“O QUE ENCOBRE A TRANSGRESSÃO BUSCA A AMIZADE, MAS O QUE RENOVA A QUESTÃO SEPARA OS MAIORES AMIGOS.” Provérbios, 17-9

 

MEU PRIMEIRO ENCONTRO

Minha primeira experiência de viagem a um encontro de Academias, aconteceu dias 15, 16 e 17 desse mês em Londrina, a 186 km daqui de Campo Mourão.

Fomos em três participantes, eu, Cristina e Giselta  representando nossa Academia de Letras de Campo Mourão.

Pastas e crachá já nos esperavam na recepção.

Logo fomos para a abertura solene com todos os “imortais” vestindo suas pelerines.

E fizemos pose para a foto oficial.

Além de palestras, conversas, trocas de informações, foi tudo muito musical.

Primeiro, na abertura, o Hino Nacional foi tocado por um violinista especialmente convidado para a ocasião.

E dali fomos ao Teatro Ouro Verde, onde ouvimos uma apresentação da Orquestra de Metais da cidade, tendo como participação especial, o saxofonista Derico, aquele bem conhecido dos programas de TV.

E ele não fez por menos: contou piadas, interagiu com a plateia além de tocar maravilhas como um pout pourri do grupo Roupa Nova, Tim Maia, encerrando com os Beatles.

Um carinho para meus ouvidos e coração!

Os convidados palestrantes foram aplaudidíssimos: primeiro o professor doutor Wolfgang Heuer, da Universidade de Berlin, e o professor doutor Domicio Proença Filho, da Academia Brasileira de letras.

Das diversas Academias presentes, foram feitas novas intervenções.

E no saguão do Hotel Sumatra, onde ficamos, vimos Varal de Literatura de Cordel, do Maurício Fernandes Leonardo, cadeira 25 da Academia local.

E também uma exposição de Aquarelas, da Neusi Berbel, cadeira 19 da mesma Academia.

Participamos de um jantar refinadíssimo, onde um grupo de mulheres cantantes nos proporcionaram horas de puro prazer.

E conhecemos muitas pessoas, tiramos muitas fotos, comemos muito e muito bem e nos despedimos felizes daquele que foi o 14º Encontro das Academias de Letras, Ciências e Artes do Paraná.

Agora é esperar 2020 em Toledo!

“E ELES SERÃO O MEU POVO, E EU SEREI O SEU DEUS.” Jeremias, 32- 38.