POETIZANDO O ANO NOVO

Deixamos sempre para o final de um ano e começo de outro, o refletir sobre mudanças em nossas vidas.

É sempre assim…

??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Então, procurei algo de dois de meus poetas preferidos para deixar com vocês.

Para começar, um poema meu.

PRIMEIRO DE JANEIRO

O dia amanhece.

Cansado, apesar de primeiro.

Os restos da festa,

folia, orgia,

a maré ainda trouxe.

E pessoas cansadas

querem viver o primeiro

como se o último fosse.

 

POEMA DE DEZEMBRO- Carlos Drummond de Andrade

Procuro uma alegria

uma mala vazia

do final de ano.

E eis que tenho na mão

-flor do cotidiano-

é voo de um pássaro

é uma canção.

 

ANO NOVO- Mário Quintana

Lá bem no alto do décimo segundo andar do ano

vive uma louca chamada Esperança.

E ela pensa que quando todas buzinas,

todos os tambores,

todos os reco-recos tocarem:

-Ó delicioso voo!

Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada

outra vez criança

e em torno dela indagará o povo:

– Como é o teu nome, meninazinha dos olhos verdes?

E ela lhes dirá

(é preciso dizer-lhes tudo de novo)

ela lhes dirá bem alto, para que não se esqueçam:

-O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA…

 

RECEITA DE ANO NOVO- Carlos Drummond de Andrade

…Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.

fotos-ano-novo-03

Resumindo: esperança, canção, alegria é o que desejo a vocês, leitores que me acompanham nesse blog!

Que em 2014 eu possa, cada vez mais, trazer até vocês receitas fáceis e saborosas, poemas inspiradores, crônicas interessantes e indicações necessárias!

Um grande abraço cheio de felicidade!!!!!!!

Imagens: 1. http://www.dreamstime.com; 2. http://www.blogdamariasophia.com